01:43 22 Abril 2018
Ouvir Rádio
    Vereadora Luísa Stern (PT)

    Quero servir de exemplo, diz primeira vereadora trans a tomar posse no RS

    © Foto : Ederson Nunes/CMPA
    Brasil
    URL curta
    17414

    A advogada transexual Luísa Stern (PT) tomou posse como vereadora de Porto Alegre nesta quarta-feira (7). Essa foi a primeira vez que uma transexual assumiu uma cadeira de vereadora na cidade.

    Em entrevista à Sputnik Brasil, Luísa Stern disse que sua posse é uma vitória que pode servir de exemplo para outras pessoas trans a entrarem na política.

    "Por si só a notícia já é uma vitória e certamente vai servir de exemplo para que outras pessoas saibam que elas também podem tentar e também podem conseguir", disse.

    O feito foi possível por conta de um rodízio feito pelo Partido das Trabalhadores entre seus vereadores. Com isso, Luisa Stern assumirá a cadeira por três dias.

    "O PT tem uma decisão para democratizar os exercícios dos mandatos proporcionando que suplentes, especialmente suplentes que representem minorias, possam assumir o cargo pelo menos uma vez durante a legislatura em datas simbólicas. Como o dia internacional da mulher, o dia da consciência negra e em outras datas que estejam associadas a área de militância de cada pessoa", explicou Luisa.

    Filiada ao PT desde 1985, Luísa Stern é uma militante histórica dos direitos LGBT, das mulheres e dos direitos humanos.

    "Por ser um estado muito machista essa conquista ainda é mais representativa e espero que sirva mais uma vez como exemplo para que outros lugares possam fazer a mesma coisa", completou.

    Nascida em Porto Alegre, Luísa Stern obteve 523 votos nas últimas eleições e pôde assumir um lugar de suplente da bancada do PT.

    Mais:

    Brasileira vence Miss Trans Star Internacional e luta contra transfobia
    Mulheres e membros da comunidade LGBT protestam em Istambul contra roupa tradicional
    Liberdade seletiva: Trump nega direito de serviço militar à comunidade LGBT
    Tags:
    transexuais, LGBT, Luísa Stern
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik