21:39 23 Agosto 2019
Ouvir Rádio
    Rodrigo Maia, presidente da Câmara dos Deputados do Congresso Nacional do Brasil, durante uma coletiva em Brasília

    Maia se irrita e diz que não votará Previdência com projetos de Lei

    © REUTERS / Adriano Machado
    Brasil
    URL curta
    2 0 0

    O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou que não levará ao Plenário da Casa nenhuma mudança para a Previdência que são seja por via de emenda constitucional.

    Na terça-feira (20), a ideia de alterar as regras previdenciárias através de leis foi levantada depois de reunião da equipe de governo.

    Na reunião, 15 projetos foram apontados como prioritários para a pauta dos próximos meses. Entre eles, a privatização da Eletrobras.

    No entanto, também foi discutida a ideia de projetos de lei para a Previdência que possam contornar a falência da pauta devido ao projeto de intervenção no Rio de Janeiro.

    Para Rodrigo Maia, o governo esgotou seu crédito político, e já não tem mais condições de fazer esse tipo de articulação. O Congresso também está preocupado com o ano eleitoral à frente e com o efeito que a carga de medidas impopulares poderia gerar.

    Mais:

    Meirelles: governo poderá remanejar recursos para bancar a intervenção no Rio de Janeiro
    Senado aprova intervenção federal de Temer na segurança do Rio de Janeiro
    Decreto de Intervenção no Rio chega ao Senado e deve ser votado hoje
    Deputados do PDT, de Ciro Gomes, votam em bloco a favor da intervenção no Rio
    Tags:
    reforma da previdência, Eletrobras, Michel Temer, Rodrigo Maia, Brasília, Rio de Janeiro
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar