20:11 12 Dezembro 2018
Ouvir Rádio
    Supermercado em Veliky Novgorod, na Rússia

    Contra o desperdício: aplicativo luta contra as perdas de alimentos

    © Sputnik / Konstantin Chalabov
    Brasil
    URL curta
    0 40

    O primeiro encontro foi de 32 quilos de kibe fora do tamanho comercial desejado de uma fábrica de congelados com uma instituição de crianças e jovens, em São Paulo.

    A comida que poderia ter ido parar na lixeira, encontrou um novo destino por meio do aplicativo Comida Invisível, disponível para Android. Ele promove o "encontro" de restaurantes, hotéis, supermercados com entidades e ONG's que precisam do alimento, conta sua idealizadora, Daniela Leite.

    A inspiração para a iniciativa veio de uma visita ao CEAGESP, onde Daniela observou muitos alimentos perfeitos para o consumo sendo jogados fora.

    O desperdício de alimentos no Brasil e no Mundo

    Cerca de um terço de todos os alimentos produzidos no mundo é desperdiçado. Tudo isso enquanto 815 milhões de pessoas passam fome. Os números são da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura (FAO).

    O desperdício é diferente em cada parte do mundo. Enquanto nos países do mundo desenvolvido há uma maior incidência de desperdício na ponta final, no consumidor, nos países em desenvolvimento é mais comum o desperdício nas fases de produção, transporte e armazenamento.

    No Brasil, são jogadas no lixo 40 mil toneladas de alimentos diariamente.

    A não utilização de alimentos aptos para consumo é, também, um problema ambiental já que implica no desperdício de recursos naturais como água e terra.

    O desperdício de alimentos será um dos assuntos da 3ª Assembleia do Meio Ambiente da ONU, que acontece em Nairóbi, no Quênia, até quarta-feira (6).

    Mais:

    Tragédia no Marrocos: 'avalanche humana' deixa 15 mortos em distribuição de alimentos
    Maduro defende criação de coelhos para combater falta de alimentos na Venezuela
    Brasil está entre dez países que mais desperdiçam alimentos no mundo
    Irã começa a enviar alimentos ao Qatar em meio ao bloqueio
    Tags:
    ONU, FAO
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik