10:13 23 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    MTST (foto de arquivo)

    MTST marcha até sede do Governo de SP; Estado pede prazo para decidir sobre terreno

    © Ninja Midia
    Brasil
    URL curta
    1177
    Nos siga no

    O Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto (MTST) marchou da ocupação que realiza em São Bernardo do Campo até a o Palácio dos Bandeirantes, sede do Governo de São Paulo, nesta terça-feira (31).

    O movimento pede que as autoridades transformem o terreno 72 mil metros que ocupam em uma moradia popular. Segundo o MTST, cerca de 7 mil barracos estão instalados no local e o terreno está desocupado há 40 anos.

    Nas redes sociais, o movimento sem teto afirmou que cerca de 20 mil pessoas participaram da marcha de mais de 20 quilômetros e 10 horas. 

    No Palácio dos Bandeirantes, uma delegação de 10 representantes do movimento encontrou-se com secretários Rodrigo Garcia, de Habitação, e Samuel Moreira, da Casa Civil. O governador Geraldo Alckmin (PSDB) cumpre agenda no interior, segundo o G1

    Segundo o Diário da Grande ABC, os representantes do Governo estadual pediram um prazo de 10 dias para se pronunciar sobre o caso. Há expectativa de que o Governo Federal libere verbas de uma nova fase do programa Minha Casa, Minha Vida.

    Caetano Veloso

    O cantor Caetano Veloso iria fazer um show na ocupação do MTST em São Bernardo do Campo nesta segunda-feira. Momentos antes, contudo, a juíza Ida Inês Del Cid, da 2ª Vara da Fazenda Pública de São Bernardo do Campo, vetou a apresentação. A magistrada afirmou que o local não tinha capacidade para abrigar o evento porque o "brilhantismo" do cantor iria atrair muitas pessoas. 

    Uma multa de R$ 500 mil foi estipulada em caso da realização da apresentação.

    Caetano disse que foi a primeira vez que um show seu foi impedido desde o fim da ditadura. 

    Tags:
    Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto (MTST)
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar