11:51 22 Outubro 2017
Ouvir Rádio
    Rio de Janeiro está lançando calendário de eventos em feiras internacionais de turismo na busca de saída para a crise

    'O turismo é a solução para a economia do Rio de Janeiro'

    Tomaz Silva / Agência Brasil
    Brasil
    URL curta
    620412

    Um calendário de eventos da capital fluminense está começando a "ser vendido" pelo mundo, em feiras de turismo dos EUA, Europa e América Latina. A ideia é promover o turismo como forma de tirar a cidade das crises econômica e de insegurança pública atuais. Mas será que a estratégia vai funcionar?

    A iniciativa, liderada pela Embratur, inclui passagens por Las Vegas, nos Estados Unidos, Assunção, no Paraguai, e Buenos Aires, na Argentina, até o final deste mês, e, no mês que vem, por Londres, na Inglaterra, e Barcelona, na Espanha. 

    Em entrevista à Sputnik Brasil, Alfredo Lopes, presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do Estado do Rio de Janeiro, disse que a percepção da falta de segurança na chamada cidade maravilhosa é muito pior do que a realidade, pela grande ênfase dada às notícias negativas. No entanto, ele reconhece que a segurança precisa ser reforçada, principalmente nas áreas turísticas, capazes de gerar renda para a cidade. 

    Sobre o calendário de eventos, segundo o especialista, é óbvio que este não pode ser sustentado apenas pelo Carnaval e pelo Réveillon, festas de maior destaque anual no Rio.

    "Nós precisamos ter um calendário de janeiro a janeiro. E o governo federal acho que entendeu isso. Até porque a saída do Rio de Janeiro é pelo turismo. O turismo é a solução para a economia do Rio de Janeiro."

    "O Rio de Janeiro não é a cidade mais violenta do Brasil. Mas, pelo noticiário, parece ser a cidade mais violenta do mundo", disse ele, destacando o sucesso do Rock in Rio, em setembro, e outros eventos realizados recentemente na cidade.

    Ainda de acordo com Alfredo Lopes, apesar de toda a circulação de informações destacando o problema da violência na cidade, a movimentação turística no estado do Rio está boa, com taxas de ocupação em hotéis variando de 70% a 90%.

    "Eu diria que esse calendário vai ser vital para a alavancagem da indústria de turismo no Rio de Janeiro, e da própria cidade, economicamente."

    Mais:

    'Guerra' na Rocinha: há solução contra a violência dos traficantes no Rio?
    Tags:
    turismo, Réveillon, Carnaval, Embratur, Alfredo Lopes, América Latina, Europa, EUA, Rio de Janeiro
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik