06:14 14 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Supremo Tribunal Federal em Brasília

    Advogado de Temer diz que denúncia não tem 'nenhum elemento de prova'

    José Cruz/Abr
    Brasil
    URL curta
    615

    Responsável pela defesa do presidente Michel Temer na denúncia que tramita na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados, o advogado Eduardo Carnelós disse que as acusações da Procuradoria-Geral da República (PGR) foram feitas com base em depoimentos de "confessos criminosos" e não possuem "nenhum elemento de prova".

    Carnelós apresentou os argumentos aos deputados da comissão e concluiu pedindo que eles não autorizem o prosseguimento da denúncia, segundo ele, formulada com métodos "escusos e inaceitáveis" por respeito "às instituições e à democracia".

    O advogado falou na primeira reunião da CCJ destinada a discutir as acusações da PGR contra Temer e dois ministros, Eliseu Padilha e Moreira Franco, pelos crimes de organização criminosa, logo após o deputado Bonifacio de Andrada (PSDB-MG) apresentar parecer contrário à denúncia. Temer é acusado ainda de obstrução de Justiça. Em diversos momentos, Carnelós criticou os métodos e a "forma desrespeitosa" como atuou o ex-procurador-geral da República, Rodrigo Janot, autor da denúncia, informou Agência Brasil.

    Mais:

    Dilma à Sputnik: nas relações de Temer com EUA, há 'continência de se mostrar submisso'
    23 ganhadores do Prêmio Nobel pedem em carta a Temer o fim dos cortes na ciência
    'Show do Milhão': Temer abre cofres públicos para barrar segunda denúncia na Câmara
    Temer mantém horário de verão em 2017
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik