08:00 26 Setembro 2018
Ouvir Rádio
    Juiz determina bloqueio do aplicativo WhatsApp

    Celular antigo? Você pode ficar sem WhatsApp

    Bruno Fortuna/ Fotos Públicas
    Brasil
    URL curta
    121

    A partir de 30 junho, o WhatsApp deixará de funcionar em alguns aparelhos BlackBerry e Nokia. No começo do ano, a empresa já havia desligado sua versão em aparelhos mais antigos com outros sistemas operacionais.

    Agora, donos de celulares com sistemas operacionais BlackBerry, BlackBerry 10, Nokia S40 e Symbian S60 ficarão sem acesso ao aplicativo.

    "Por mais que estes aparelhos celulares tenham feito uma importante parte em nossa história, eles não possuem a capacidade requerida para que possamos expandir os recursos de nosso aplicativo no futuro", disse o WhatsApp por meio de seu blog oficial.

    "Nós recomendamos que troque por um aparelho Android, Apple ou Windows Phone mais atual", completou a empresa estadunidense.

    A Proteste, Associação de Defesa do Consumidor, afirmou que discorda da medida e a classifica de "prática abusiva" e um "desrespeito ao consumidor".

    "É problemático para o consumidor [o desligamento], às vezes ele se vê obrigado a trocar um aparelho que está funcionando perfeitamente porque esse aparelho, embora funcione perfeitamente, pode não conseguir fazer uma atualização e passa a não dispor de todos os seus recursos", afirmou Sonia Amaro, advogada e representante da Proteste.

    A organização afirmou que irá notificar judicialmente o Facebook, empresa dona do WhatsApp.

    A Sputnik Brasil buscou a assessoria de imprensa do WhatsApp em terras brasileiras, mas a companhia não quis se pronunciar sobre o caso e a ação da Proteste.

    Mais:

    Uma imagem só é capaz de arrombar Telegram e WhatsApp
    Aplicativo revolucionário pretende substituir WhatsApp
    Terroristas do Daesh foram identificados através de WhatsApp na Chechênia
    Mulheres sauditas punidas com 20 chicotadas por palavrões em mensagens pelo WhatsApp
    WhatsApp flexibiliza política de privacidade para compartilhar números com o Facebook
    Começa a batalha de mensageiros: app indiano desafia WhatsApp
    Tags:
    Proteste, Facebook, WhatsApp
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik