21:18 25 Agosto 2019
Ouvir Rádio
    Weapon

    Atlas da violência: Brasil teve mais de 59 mil homicídios em 2015

    CC0 / Pixabay
    Brasil
    URL curta
    1520

    O Brasil registrou 59.080 homicídios em 2015, informa o Atlas da Violência 2017, publicação do Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada) em conjunto com o Fórum Brasileiro de Segurança Pública. Homens, jovens, negros e com baixa escolaridade são a maior parte das vítimas.

    A cada 100 assassinatos ocorridos no Brasil, 71 são de pessoas negras. De acordo com a pesquisa publicada nesta segunda-feira (5), os negros possuem chances 23,5% maiores de serem assassinados em relação a brasileiros de outras raças, já descontado o efeito da idade, escolaridade, do sexo, estado civil e bairro de residência.

    Além disso, os números da violência estão aumentando. Em 2005, ocorreram 48.136 homicídios. Ou seja, houve um aumento de 22,7% no número de homicídios. Ainda assim, essa alteração não atinge da mesma forma todos os setores da sociedade. No período de 2005 a 2015, houve um crescimento de 18,2% na taxa de homicídio de negros, enquanto a mortalidade de indivíduos não negros diminuiu 12,2%.

    Segundo o Atlas da Violência 2017, existe uma "naturalização do fenômeno" e um "um descompromisso por parte de autoridades nos níveis federal, estadual e municipal com a complexa agenda da segurança pública".

    Mais:

    Violência no campo: uma chaga que não para de crescer
    'Baixada Nunca se Rende': Quando a música e a arte derrotam a violência (VÍDEOS)
    Violência: Morador de rua implora por pertences e tem punho quebrado (VÍDEO)
    Mesmo com violência, Brasil é visto como um lar por sírios refugiados da guerra
    Multidão protesta em Paris contra violência policial e racismo
    Ensaio fotográfico alerta para violência contra a mulher no Carnaval
    Tags:
    Forúm Brasileiro de Segurança Pública, IPEA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar