15:59 19 Setembro 2018
Ouvir Rádio
    Cemitério

    Onde está Garrincha? Restos mortais de grande parceiro de Pelé desaparecem no Rio

    © Foto : Pixabay / CC0 Public Domain
    Brasil
    URL curta
    120

    Morto em 1983, aos 49 anos, Mané Garrincha foi enterrado no cemitério de Raiz da Serra, em Magé, na região metropolitana do Rio de Janeiro. Mas os restos mortais do craque do Botafogo e da seleção brasileira desapareceram, segundo denúncia feita pela família e publicada pelo jornal Extra.

    Filha do ex-jogador, Rosângela Santos disse que a família não foi informada a respeito de uma suposta exumação dos restos mortais de Garrincha. Foi essa informação que uma funcionária do cemitério prestou ao jornal, embora não tenha aparecido um documento que comprove a alegação.

    Ao RJ TV, telejornal estadual da Rede Globo, a filha de Garrincha soube dizer apenas que os restos mortais do pai teriam sido retirados para que outro parente fosse enterrado no local, mas que a família não participou do processo de exumação do corpo do ex-jogador, nem recebeu qualquer documento sobre o assunto.

    O prefeito de Magé, Rafael Tubarão, já veio a público informar que está empenhado nas buscas pelos restos mortais de Garrincha, os quais podem estar em uma das gavetas localizadas no mesmo cemitério.

    “Se a família concordar, faço exumação nas sepulturas. E um teste de DNA para saber se algum corpo é o de Garrincha”, comentou Tubarão.

    Garrincha morreu aos 49 anos em 20 de janeiro de 1983, em decorrência de problemas de saúde ocasionados pelo consumo excessivo de álcool. O ‘mestre das pernas tortas’ foi o grande parceiro de Pelé na seleção brasileira. A equipe jamais foi derrotada quando os dois estiveram em campo em uma mesma partida.

    Mais:

    Novo Messi: Índia descobre grande atacante de futebol
    Ivanka Trump confunde jogador de futebol com santo (FOTO)
    Kremlin comenta filme da BBC sobre torcedores de futebol russos
    Tags:
    seleção brasileira, garrincha, ex-jogador de futebol, futebol, Rafael Tubarão, Rosângela Santos, Pelé, Mané Garrincha, Magé, Rio de Janeiro, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik