04:19 26 Setembro 2017
Ouvir Rádio
    Temer nega qualquer acordão com os ex-presidente FHC e Lula sobre crise política com delações da Lava Jato

    STF autoriza abertura de inquérito contra Temer

    Alan Santos/PR
    Brasil
    URL curta
    Michel Temer e o silêncio de Eduardo Cunha (69)
    111244181

    O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Edson Fachin autorizou abertura de inquérito para investigar o presidente Michel Temer. O pedido de foi feito pela Procuradoria-Geral da República (PGR). Com a decisão, Temer é formalmente um investigado da Operação Lava Jato.

    A autorização acontece após acusações do aval de Michel Temer a uma "mesada" milionária pelo silêncio do deputado cassado, Eduardo Cunha. O Supremo considerou que os supostos delitos foram cometidos durante o exercício do mandato, já que presidentes têm imunidade quanto a crimes cometidos antes da gestão.

    Em dezembro do ano passado, Temer já tinha sido citado em uma delação da construtora Odebrecht.

    Na ocasião, o ex-vice-presidente de Relações Institucionais da empresa, Cláudio Melo Filho, disse que o então vice-presidente teria pedido R$ 10 milhões ao empreiteiro Marcelo Odebrecht.

    Telegram

    Siga Sputnik Brasil no Telegram. Todas as notícias mundiais do momento em um só canal. Não perca!

    Tema:
    Michel Temer e o silêncio de Eduardo Cunha (69)

    Mais:

    Após gravação bombástica, deputado da Rede pede o impeachment de Michel Temer (VÍDEO)
    Divulgadas na mídia fotos que provam propina envolvendo Temer e Aécio
    Especialista sobre caso Temer-Cunha: agora Lula 'tem certas chances'
    Rede protocola dois pedidos de impeachment contra Temer na Câmara
    Tags:
    Supremo Tribunal Federal (STF), Cláudio Melo Filho, Michel Temer, Eduardo Cunha, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik