08:41 23 Fevereiro 2020
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    33317
    Nos siga no

    Vários tanques de combustíveis estão em chamas. Ainda não há informações sobre o motivo do fogo e nem se existem feridos.

    Um incêndio de grandes proporções arde nos tanques da Refinaria de Duque de Caxias (Reduc) na tarde desta quarta-feira.

    Uma Corporação de Bombeiros localizada estrategicamente ao lado da refinaria auxilia brigadistas de incêndio no controle das chamas.

    Através de sua página na internet, a Federação Única dos Petroleiros (FUP) uma das entidades representantes dos empregados, ventilou a hipótese do incêndio ter sido causado por vazamento de óleo, o que foi posteriormente confirmado pela Petrobras. A Federação atribui o incêndio à redução do número de trabalhadores após a implementação do Programa de Incentivo à Demissão Voluntária (PIDV) em 2015 e 2016.

    “Só na Reduc, 149 trabalhadores deixaram a refinaria após aderirem ao PIDV, o que representa cerca de 10% do efetivo da unidade, que já operava com número reduzido de técnicos”, argumenta a FUP.

    ​​A Reduc é a principal refinaria da Petrobrás e está em funcionamento desde 1961. A refinaria que tem capacidade para processar 239 mil barris por dia e opera com capacidade reduzida nesta tarde.

    Nota

    A empresa se manifestou à Sputnik Brasil por meio de nota. No texto, a Petrobras confirma o vazamento de combustível na unidade de destilação e disse que a ocorrência foi controlada. Ainda de acordo com a Petrobras, não houve danos. Confira o texto na íntegra:

    A Petrobras informa que, por volta das 13h40 desta quarta-feira, 18/01, ocorreu vazamento de combustível, seguido de incêndio, na Unidade de Destilação da Refinaria Duque de Caxias (Reduc). A ocorrência foi prontamente controlada pela equipe de contingência da refinaria e comunicada aos devidos órgãos de controle. Não houve danos às pessoas nem ao meio ambiente. A unidade está parada para avaliação das causas do incidente e eventual necessidade de manutenção, visando à posterior retomada da operação. A companhia esclarece que o abastecimento ao mercado está garantido.

    Mais:

    Petroleiros: 'Acordo com Total só confirma desmonte da Petrobras'
    Especialista: Total namora a 'enfraquecida' Petrobras para entrar no Brasil
    Revendedores de gás exigem respeito da Petrobras
    Tags:
    Corporação de Bombeiros, Petrobras, Duque de Caxias, Rio de Janeiro
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar