09:07 17 Janeiro 2018
Ouvir Rádio
    Presidente interino Michel Temer e o presidente do Senado Renan Calheiros

    Renan classifica a decisão do STF de 'patriótica'

    Fabio Rodrigues Pozzebom/ Agência Brasil
    Brasil
    URL curta
    1315

    O presidente do Senado, Renan Calheiros, classificou de "patriótica" a decisão do plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) que o manteve no cargo.

    “É com humildade que o Senado Federal recebe e aplaude a patriótica decisão do Supremo Tribunal Federal. A confiança na Justiça brasileira e na separação dos Poderes continua inabalada”, afirmou senador por meio de uma nota.

    Mais cedo, por 6 votos a 3, o STF decidiu manter o presidente do Senado no cargo derrubando liminar do ministro Marco Aurélio, que havia determinado o afastamento do senador da presidência da Casa.

    Com a decisão da maioria da Corte, Renan Calheiros fica impedido somente de assumir a Presidência da República em caso de viagem do presidente Michel Temer, por exemplo.

    Votaram pelo afastamento de Renan do cargo o relator, Marco Aurélio, e os ministros Edson Fachin e Rosa Weber. Celso de Mello, Dias Toffoli, Teori Zavascki, Luiz Fux, Ricardo Lewandowski e a presidente do STF, Cármen Lúcia, foram contra, informou Agência Brasil.

    Mais:

    STF x Renan: Crise institucional que merece atenção sobre os rumos do regime democrático
    STF decide destino de Renan Calheiros; Janot pede afastamento imediato
    Senado não vai cumprir liminar do STF que afasta Renan da presidência da Casa
    STF afasta Renan da presidência do Senado
    Tags:
    PMDB, STF, Renan Calheiros, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik