23:22 18 Abril 2019
Ouvir Rádio
    Ximena (de vermelho) com os colegas da tripulação do voo da Chapecoense

    Comissária sobrevivente de acidente da Chapecoense homenageia colegas mortos

    Reprodução Facebook/Ximena Suarez
    Brasil
    URL curta
    Queda do avião com Chapecoense (73)
    390

    Ximena Suarez, a comissária da LaMia, que sobreviveu ao acidente com o avião que transportava a delegação da Chapecoense para a Colômbia, fez uma homenagem nas redes sociais aos amigos da tripulação mortos na tragédia.

    Além da comissária, que  é natural de Santa Cruz de la Sierra, na Bolívia, da parte da tripulação também sobreviveu o técnico da aeronave, Erviwn Tumiri, mas Angel Lugo, Alex Quispe,  Sisy Arias, Gustavo Encina e o piloto Miguel Quiroga, não sobreviveram.

    Ximenza Suarez Otterburg
    Reprodução/Facebook/Ximena Suarez Otterburg
    Ximenza Suarez Otterburg

    No texto postado na sua página do Facebook, Ximena diz que está em choque e que não tem palavras para explicar a dor que está sentindo. A comissária fala da saudade que vai sentir saudades de cada um dos colegas no dia a dia, citando uma a um e seus apelidos como ela costumava chamá-los.

    Ximena Suarez, termina dizendo que os colegas, irmãos e amigos de trabalho vão estar sempre em seu coração. E se despede dizendo para que eles voem alto, pois quando chegar também a sua hora, que ela os alcançará.

    Como parte da homenagem a sobrevivente trocou sua foto de perfil por uma fita preta indicando luto e colocou uma foto com os colegas que estavam no voo.

    A comissária segue recebendo atendimento hospitalar, mas não corre risco de morte. Segundo o governo de Antiquoia, Ximena disse em entrevista a uma emissora local que pouco antes da queda do avião da LaMia, as luzes começaram a apagar de forma gradual e em 40,50 segundos depois ela sentiu a pancada. Após não se lembra de mais nada.

    Tema:
    Queda do avião com Chapecoense (73)
    Tags:
    chapecoense, sobreviventes, acidente, LaMia, Ximena Suarez, Colômbia, Bolívia, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar