14:26 20 Maio 2018
Ouvir Rádio
    Ex-ministro Guido Mantega escoltado pela Polícia Federal

    Mantega tem pedido de prisão revogado por Sergio Moro

    © REUTERS / Nacho Doce
    Brasil
    URL curta
    1022

    O ex-ministro do governo Dilma e Lula, Guido Mantega, teve seu pedido de prisão temporária revogado pelo juiz Sergio Moro. Ele foi levado pela Polícia Federal na manhã desta quinta-feira (22) durante a 34ª fase da operação Lava Jato.

    "Considerando os fatos de que as buscas nos endereços dos investigados já se iniciaram e que o ex-Ministro acompanhava o cônjuge no hospital e, se liberado, deve assim continuar, reputo, no momento, esvaziados os riscos de interferência da colheita das provas nesse momento", declarou Moro.

    "Revogo a prisão temporária decretada contra Guido Mantega, sem prejuízo das demais medidas e a avaliação de medidas futuras", declarou o juiz responsável pelos processo da Lava Jato. 

    A Polícia Federal (PF) executou na manhã desta quinta-feira (22) o pedido de prisão temporária contra o ex-ministro no hospital Albert Einstein, em São Paulo, enquanto Mantega acompanhava sua esposa, que estava passando por uma cirurgia.

    Segundo a PF, em 2012 Guido Mantega "teria atuado diretamente junto ao comando de uma das empresas para negociar o repasse de recursos para pagamentos de dívidas de campanha de partido político da situação". 

    O objetivo desta fase da operação policial, batizada de 'Arquivo X', é investigar fatos relacionados à contratação pela Petrobrás de empresas para a construção das plataformas P-67 e P70 para a exploração de petróleo do pré-sal. O nome da operação é uma referência ao grupo empresarial de Eike Batista.

    Mais:

    Ex-ministro Mantega é preso em nova fase da Lava Jato
    Pimenta: Lula réu na Lava Jato é golpe para impedir planos de presidência
    Ações dos procuradores da Lava Jato provocam aplausos e críticas dos senadores
    Moro aceita denúncia contra Lula na Lava Jato
    Tags:
    Operação Lava Jato, Polícia Federal, Sérgio Moro, Guido Mantega, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik