11:26 22 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    Kaciane Caroline

    Após ler mais de 500 livros, menina quer incentivar a leitura em biblioteca móvel

    Arquivo Pessoal/Facebook
    Brasil
    URL curta
    150
    Nos siga no

    Ela tem apenas 11 anos, mas sua grande paixão pela literatura já fez com que Kaciane Caroline Marques lesse mais de 560 livros e criasse a própria biblioteca em casa, com cerca de 5 mil títulos, em São José do Rio Preto, interior de São Paulo.

    Agora, o sonho de Kaciane Caroline é conseguir despertar em outras crianças o interesse pela leitura, através de uma biblioteca móvel. A menina ainda acaba de lançar um livro 'Tanto faz ou qualquer coisa – Histórias de Kaciane', pela HN Editora.

    Em entrevista exclusiva para a Spunitk, Kaciane contou que o encantamento pelos livros começou bem cedo a ler, aos quatro anos de idade, mas o gosto pela leitura surgiu aos 7 anos, incentivada pelos irmãos mais velhos com quem brincava de escola. Nessa ocasião, Kaciane já lia 100 livros por ano.

    "Eu comecei a gostar de ler com sete anos, só que eu aprendi a ler com quatro anos, porque quando eu era menor eu brincava de escolhinha com os meus irmãos. Aos sete anos eu comecei a ler 100 livros a cada ano e não parei mais de ler. Agora comecei também a escrever e vou lançar o meu livro."

    Kaciane contou que após ler o primeiro livro se sentiu como parte da história,  presenciando as sensações das personagens.

    "Eu senti que estava dentro da história, porque quanto a gente lê mesmo, é como se estivéssemos dentro do livro, como se estivéssemos vendo tudo que o personagem está vivendo. A partir do primeiro livro eu senti isso e depois todos os outros livros eu continuei lendo, porque eu queria sentir essa vontade maravilhosa, que é de ler."

    Na viagem literária, a menina falou que as histórias que mais gosta são os livros de romance, terror, mistério e de aventuras. 

    A jovem disse que a ideia de criar uma biblioteca em casa, aconteceu aos 9 anos, quando a família conquistou uma moradia própria, em um conjunto habitacional de baixa renda. Como as crianças da região não tinham muitas atividades no bairro e ficavam pelas ruas, decidiu pedir doações de livros. Para incentivar a leitura, Kaciane diz que as crianças ficam presentes pela casa.

    "Como eu percebi que as crianças aqui no meu bairro ficavam na rua, não tinham muito o que fazer, porque é um bairro distante da cidade, eu tive a ideia da biblioteca, porque eu já queria ter uma biblioteca própria e também para compartilhar com o próximo. Até as crianças tem que passar pela cozinha da minha casa, mas isso não importa para minha família, nós queremos mesmo incentivar a leitura. Um empresário aqui de São José do Rio Preto, dono de um colégio, me doou uma biblioteca inteira e também me deu uma bolsa de estudos durante sete anos."

    Depois da biblioteca em casa, através de ajuda de colaboradores, Kaciane agora vai concretizando o novo projeto que é de uma biblioteca itinerante em uma kombi, para levar a oportunidade do mundo dos livros a crianças de outros municípios.

    "Agora eu quero ter essa biblioteca itinerante para poder não só emprestar livros para moradores aqui de Rio Preto, mas moradores também de outras cidades da região."

    Através da biblioteca móvel, Kaciane espera também usar o veículo para divulgar o livro que acaba de escrever. A menina explica, que a publicação 'Tanto faz ou qualquer coisa – Histórias de Kaciane', é composto por 15 crônicas, onde cada uma delas traz um pouco das angústias e descobertas da chamada geração Z, que acaba de chegar ao último ciclo do Ensino Fundamental. Sem querer dar muitos detalhes para não dar muitas pistas das histórias, Kaciane conta que o livro aborda assuntos bem atuais como preconceitos, bullying, amizade e paixão. "Na verdade são várias histórias. Eu fiz o livro quando era menor. É sobre a vida de uma criança, sobre preconceito, bullying. Eu tive essas ideias mesmo lendo os livros. Tem algumas história de romance também, mas eu não posso contar muito né", disse rindo.

    Livro de Kaciane, 'Tanto Faz ou Qualquer Coisa'
    Reprodução
    Livro de Kaciane, 'Tanto Faz ou Qualquer Coisa'
     

    Tags:
    biblioteca móvel, paixão, lançamento, livro, literatura, HN Editora, Kaciane Caroline, São José do Rio Preto, São Paulo, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar