03:22 25 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    032
    Nos siga no

    O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva voltou a negar através da sua conta oficial no Facebook que tenha recebido de vantagens da empreiteira OAS na reforma de um triplex em Guarujá (SP).

    Denunciado hoje (14) pelo Ministério Público Federal (MPF), Lula alegou que desde 30 de janeiro tornou públicos os documentos que provariam que ele não é o dono do triplex, alvo das investigações da Operação Lava Jato.

    “Lula esteve apenas uma vez no edifício, quando sua família avaliava comprar o imóvel. Jamais foi proprietário dele ou sequer dormiu uma noite no suposto apartamento que a Lava-Jato desesperadamente tenta atribuir ao ex-presidente” – diz a publicação do Lula no Facebook.

    Na publicação, o ex-presidente anexou um arquivo com vários documentos que, segundo ele e seus advogados, “desmontam farsa” sobre a titularidade do imóvel localizado no Condomínio Solaris.

    A denúncia do MPF também inclui os nomes da ex-primeira dana Marisa Letícia, do presidente do Instituto Lula, Paulo Okamotto, e do ex-presidente da OAS Léo Pinheiro. Os outros quatro denunciados são pessoas ligadas à empreiteira Agenor Franklin Magalhães Medeiros, Paulo Roberto Valente Gordilho, Fábio Hori Yonamine e Roberto Moreira Ferreira. 

    Tags:
    Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva, Facebook, Operação Lava Jato, denúncia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar