03:08 17 Julho 2018
Ouvir Rádio
    Formatura de 300 novos guardas municipais
    Divulgação Guarda Municipal

    Guarda Municipal dará suporte as tropas militares no Rio em emergências nas Olimpíadas

    Brasil
    URL curta
    0 01

    300 novos agentes da Guarda Municipal se formaram nesta sexta-feira (8) e vão ser responsáveis por reforçar o esquema especial da Prefeitura do Rio no ordenamento das ruas da cidade no período dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos.

    Ao conversar com a imprensa nesta sexta-feira (8), o secretário municipal de Ordem Pública, Leandro Matieli, explicou que os novos agentes vão atuar em contingência, apenas em momentos de crise, como por exemplo em problemas nos transportes ou acidentes que possam causar grandes transtornos no tráfego da cidade.

    "Ficarão aquartelados 150 homens cuidando de duas zonas olímpicas, que é Maracanã e Copacabana, e mais outros 150, que ficarão sediados na Barra cuidando da área da Barra da Tijuca e Deodoro. Qualquer eventualidade, qualquer contingência, eles poderão ser acionados para dar um atendimento, tanto na questão de primeiros socorros, quanto da operação viária e de mobilidade no nosso trânsito."

    Leandro Matieli, ressaltou que a tropa batizada de Rio 2016 recebeu treinamento específico para atuar em grandes eventos.

    "Os agentes da Guarda Municipal estão prontos para fiscalizar e orientar e fazer o seu papel diário, que é cuidar da cidade, buscar o ordenamento urbano. Eles estão prontos, treinados, já estão formados para isso."

    Após as Olimpíadas, os novos agentes serão incorporados aos 7.200 agentes que já atuam nas ruas do Rio. 

    Nesta sexta-feira (8), o Exército também apresentou a tropa da Brigada Paraquedista, considerada como a elite da Corporação. Cerca de 2.400 homens vão atuar nos Jogos Olímpicos e Paralímpicos também em casos de emergência. A operação das Forças Armadas começa no dia 24 de julho.

    Tags:
    ordenamento, formatura, Jogos Rio 2016, treinamento, Jogos Olímpicos, Brigada Paraquedista, Guarda Municipal, Forças Armadas, Exército, Rio de Janeiro, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik