21:17 21 Agosto 2019
Ouvir Rádio
    Dona Jesuína
    Álbum de Família

    Mulher mais velha do mundo é brasileira, vive no Paraná e tem 120 anos

    Brasil
    URL curta
    6132

    Idosa do município de Rio Branco do Ivaí, D. Jesuína finalmente se tornou conhecida depois que teve de ir à agência do INSS para provar que, surpreendentemente, continua viva e faz jus ao recebimento de sua aposentadoria.

    100 anos de Vladimir Zeldin, o ator mais velho do mundo
    © Sputnik / Evgenia Novozhenina
    Após dois meses de suspensão, a agricultora paranaense Jesuína dos Santos Cardoso, de 120 anos, voltou a receber seus benefícios de aposentadoria pelo INSS. Os pagamentos haviam sido suspensos por falta de recadastramento da aposentada, mas, com a ajuda de amigos, D. Jesuína regularizou sua situação junto ao Instituto Nacional do Seguro Social.

    Um dos amigos que ajudaram D. Jesuína a resolver suas pendências com o INSS é o Vereador Valdir Correa de Moraes, presidente da Câmara Municipal de Rio Branco do Ivaí, onde vive a idosa, a cerca de 300 quilômetros de Curitiba, capital do Paraná.

    Em entrevista à Sputnik Brasil, o Vereador Valdir conta que “todo ano é isso. Como a D. Jesuína mora na área rural do município, o acesso até o local é muito difícil. Nem mesmo a sua procuradora consegue ser localizada. Então, todos nós nos mobilizamos e levamos D. Jesuína à cidade mais próxima, Apucarana, em que existe um posto do INSS, e lá fazemos a sua prova de vida. Este ano foi assim: colocamos D. Jesuína no carro e a levamos para lá. Agora, está tudo certo: ela recebeu os atrasados e já está com os pagamentos em dia, graças a Deus.”

    Segundo o vereador e amigo, D. Jesuína dos Santos Cardoso é uma pessoa muito especial:

    “Ela é muito querida na cidade. Todos lhe querem um grande bem. Ela sempre trabalhou na roça, nas lavouras de milho, arroz e feijão. Sempre se alimentou muito bem, de modo que é uma pessoa muito saudável. Eu só me lembro da D. Jesuína ter ido uma única vez ao médico: foi quando pegou uma forte gripe, pouco depois de completar 100 anos.”

    Ainda de acordo com Valdir Correa de Moraes, assim que chegou ao posto do INSS, D. Jesuína foi recebida com uma grande festa:

    “Bastou a gente dizer que ela tem 120 anos e mostrar a Certidão de Nascimento de 30 de janeiro de 1896 para que todos no posto do INSS – funcionários e segurados – quisessem tirar fotos ao seu lado. E os funcionários foram além, recomendando que eu entre em contato com o Guiness Book para que os responsáveis pela publicação destaquem D. Jesuína dos Santos Cardoso como a mulher mais velha do mundo.”

    Tags:
    idosa, INSS, Sputnik, Valdir Correa de Moraes, Jesuína dos Santos Cardoso, D. Jesuína, Apucarana, Rio Branco do Ivaí, Paraná, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar