09:54 24 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    191
    Nos siga no

    O ministro do STF, Gilmar Mendes, determinou nesta quinta-feira (2) a retomada do inquérito que investiga o senador Aécio Neves (PSDB-MG), um dia após parecer no qual a Procuradoria-Geral da República (PGR) manifestou-se a favor do prosseguimento das investigações que apuram supostos crimes cometidos pelo senador em Furnas, informou Agência Brasil.

    Há duas semanas, o ministro Gilmar Mendes, relator da investigação, suspendeu as diligências e devolveu o processo para o procurador-geral Rodrigo Janot. 

    Na manifestação protocolada na quarta-feira, 1 de junho, além de indicar que há novas provas para o prosseguimento do inquérito, Janot diz que o ministro não pode se recusar a dar prosseguimento ao inquérito sem a anuência da procuradoria. Entre as provas estão os depoimentos do ex-senador Delcídio do Amaral, nos quais Aécio foi citado como recebedor de “pagamentos ilícitos”, feitos, segundo ele, pelo ex-diretor de Furnas Dimas Toledo.

    Em nota, Aécio Neves manifestou a convicção de que sua inocência será provada.

    Mais:

    STF suspende coleta de provas sobre Aécio com menos de 24 horas de investigação
    Procurador-geral da República pede ao STF retomar investigação contra Aécio na Lava Jato
    Renan Calheiros recebe Michel Temer e Aécio Neves em Brasília
    Delação premiada da Andrade Gutierrez ataca PT e ignora doações a Aécio
    Tags:
    Brasília, Brasil, Aécio Neves, Gilmar Mendes, Rodrigo Janot, STF, PGR, corrupção, investigação
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar