06:59 16 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Agente de saúde analisa amostra de sangue de paciente com suspeitas de zika no Instituto Nacional de Saúde de Lima, Peru, em 2 de fevereiro de 2016

    Brasil já tem 1.434 casos confirmados de microcefalia

    © REUTERS/ Mariana Bazo
    Brasil
    URL curta
    0 01

    O Ministério da Saúde divulgou nesta terça-feira (24) um boletim confirmando a informação de que o número de casos confirmados de microcefalia no Brasil chegou a 1.434, 50 a mais em comparação ao boletim da semana passada, e dos quais 1.273 foram registrados na Região Nordeste.

    De acordo com o documento, dos 1.434 casos confirmados, 208 tiveram teste de laboratório positivo para infecção pelo vírus Zika. O ministério, no entanto, estima que a maioria dos casos está relacionada ao Zika.

    Os 1.434 casos confirmados estão distribuídos por 517 municípios, localizados em 25 unidades da Federação. Pernambuco é o estado com maior número de casos confirmados – 359, seguido por Bahia º 247, Paraíba – 129 e Maranhão – 126.

    Os números são referentes ao período de outubro de 2015 a 21 de maio de 2016, quando foram registrados 7.623 casos suspeitos. Deste total, 2.932 foram descartados por terem exames normais ou microcefalia derivada de outras causas. Outros 3.257 casos de recém-nascidos com suspeita de ter a malformação ainda não tiveram diagnóstico conclusivo.

    Foram registradas ainda, durante o mesmo período, 285 mortes suspeitas de microcefalia e/ou alteração do sistema nervoso central após o parto ou durante a gestação (abortamento ou natimorto) no país. Desses, 60 foram confirmados para microcefalia e/ou alteração do sistema nervoso central. Outros 187 continuam em investigação e 38 foram descartados.

    Mais:

    EUA confirmam 279 casos de grávidas contaminadas pelo Zika
    Senado dos EUA aprova liberação de US$ 1 bilhão para combater zika
    Ministério da Saúde: 91 mil casos prováveis de Zika foram registrados em dois meses
    Tags:
    casos, zika, microcefalia, Ministério da Saúde, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik