03:17 23 Agosto 2017
Ouvir Rádio
    Trabalhadores fizeram apelo ao Governo para que a presidenta Dilma não vete as mudanças no cálculo do fator previdenciário aprovadas pelo Congresso
    Antonio Cruz/ (Arquivo) Agência Brasil

    Paulo Paim: “Querem revogar vários direitos dos trabalhadores”

    Brasil
    URL curta
    1051382

    Foi criada esta semana a Frente Parlamentar Mista em Defesa dos Trabalhadores, sob a presidência do Senador Paulo Paim (PT-RS), também presidente da Comissão de Direitos Humanos do Senado Federal. Segundo o parlamentar, “trata-se de uma iniciativa vigorosa em prol de toda a classe trabalhadora”.

    Nas palavras do senador, a Frente Parlamentar Mista em Defesa dos Trabalhadores foi criada por iniciativa das centrais sindicais, das confederações de trabalhadores e das entidades representativas das classes trabalhadoras. A Frente tem como objetivo “defender a CLT (Consolidação das Leis do Trabalho) e os interesses dos trabalhadores e combater os planos de terceirização absoluta que estão dominando o país”.

    “Também queremos combater algo que vem se estabelecendo neste país, que é a tese de que o negociado deve prevalecer sobre o legislado. Esta tese rasga a legislação trabalhista do país porque dá muito mais ênfase e valorização aos acordos firmados entre empregados e empregadores, em detrimento das leis vigentes no país. Querem enfim revogar vários direitos dos trabalhadores do Brasil, e a nossa Frente Parlamentar Mista vai enfrentar essas tentativas" – esclarece Paulo Paim.

    No dia 31 de maio, o Senador Paulo Paim vai lançar em Brasília outra iniciativa – a Frente Parlamentar Mista em Defesa da Previdência e da Seguridade Social:

    “A Previdência Social está sendo desmontada e transformada num apêndice do Ministério da Fazenda e de outros Ministérios. Nós entendemos que, pelo bem da população, a Previdência Social não pode funcionar assim. Então, [a Frente] será mais uma iniciativa parlamentar igualmente em defesa da população do país.”

    Mais:

    Temer prometeu manter programas sociais e pediu que Deus abençoe a todos
    Especialista vê sinal de instransigência do novo governo no diálogo com movimentos sociais
    Governo vai reduzir 4 mil cargos e programas sociais vão passar por inspeção
    Tags:
    Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), trabalhadores, Paulo Paim
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik