18:01 20 Outubro 2021
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    52357
    Nos siga no

    O presidente interino do Brasil, Michel Temer, foi um informante da inteligência e Defesa dos Estados Unidos há dez anos, segundo informou o site WikiLeaks nesta sexta-feira.

    Segundo a organização, nos meses de janeiro e junho de 2006, o presidente do PMDB enviou documentos ao Conselho de Segurança Nacional dos EUA e ao Comando do Sul, em Miami, descrevendo sua visão sobre a unidade do partido e as eleições que seriam realizadas naquele ano. 

    "Novo presidente brasileiro, #Temer, foi um informante da embaixada para a inteligência e as Forças Armadas dos EUA", disse o WikiLeaks através do seu Twitter.

    Temer, escolhido como vice-presidente de Dilma Rousseff nas eleições de 2011 e 2014, assumiu a presidência do Brasil na última quinta-feira, após o afastamento da chefe de Estado legitimamente eleita, contra a qual foi instaurado um processo de impeachment.

    Mais:

    Mudanças na chefia do Brasil: ministros do governo de Temer
    Renan afirma que não indicará nomes para o governo Temer
    Eduardo Paes diz que governo de Temer vai continuar apoiando os Jogos Rio 2016
    Temer cai em trote de rádio argentina: 'Muchas gracias, presidente'
    Michel Temer divulga lista de ministros
    Greenwald: Democracia sofre duro golpe no Brasil; Temer será fiel servidor dos mais ricos
    Michel Temer já é Presidente em exercício do Brasil
    Tags:
    Brasil, EUA, Miami, Dilma Rousseff, Michel Temer, WikiLeaks, Twitter, PMDB, Conselho de Segurança Nacional, Comando do Sul, impeachment
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar