19:17 15 Novembro 2018
Ouvir Rádio
    Brasília – DF – Faixas e cartazes contra o possível afastamento da presidenta Dilma Rousseff são afixados no Palácio do Planalto.

    Povo na rua: Manifestações tomam estradas de todo o país para tentar barrar o golpe

    Antônio Cruz/ Agência Brasil/FotosPúblicas
    Brasil
    URL curta
    Impeachment no Senado (104)
    1402711

    Estradas de todo o país estão sendo bloqueadas nesta terça-feira (10) por manifestações contra o impeachment da presidenta Dilma Rousseff.

    ​Avenidas da Região Metropolitana de São Paulo, como a pista expressa Marginal Pinheiros (sentido Rodovia Castello Branco, perto da Ponte João Dias), foram interditadas.

    ​A Marginal Tietê também foi bloqueada entre as pontes Tatuapé e Aricanduva, segundo reporta o G1, no sentido Ayrton Senna.

    ​ A Polícia Militar usou bombas de gás e balas de borracha para dispersar os manifestantes.

    ​Quem ia para o Aeroporto de Internacional de Guarulhos também encontrou manifestações e bloqueios a partir da Dutra.

    ​Ainda em São Paulo, manifestantes bloquearam as duas pistas da Avenida 23 de maio, no centro da cidade, e atearam fogo a pneus.

    ​Em Minas Gerais, os manifestantes em defesa da democracia bloquearam com árvores e pneus as BRs-135, em Buenópolis, e 251, em Padre Carvalho, com a participação do Movimento dos Trabalhadores Sem-Terra e dos Geraizeiros.

    A Rodovia Rio-Santos também foi interditada na altura de Itaguaí (RJ), causando um congestionamento de 4 km. A Via Dutra também foi ocupada, mas, segundo o Centro de Operações da prefeitura do Rio, foi rapidamente liberada.

    ​Em Curitiba, balões em formato de coração são vistos no calçadão da Rua XV de Novembro, em Curitiba, com as frases “#ficaquerida” e “este não será o país do ódio”.

    No Distrito Federal, protestos interditam trechos da BR-020 e BR-070.

    ​Em Pernambuco, as manifestações bloquearam a BR-101 Sul.

    ​Em Natal, manifestantes resistem na Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

    ​Também são registrados protestos na Paraíba, no Espírito Santo, Bahia, Rio Grande do Sul, Ceará, Piauí, Maranhão e Amazonas.

    ​Os protestos seguem em todo o país, com a adesão de professores da rede pública, trabalhadores sem-terra e servidores públicos, entre outros setores da sociedade, bem como com a ampla participação da Frente Brasil Popular e da Central Única dos Trabalhadores (CUT).

    Tema:
    Impeachment no Senado (104)

    Mais:

    Leitura de relatório do impeachment é concluída: votação deverá ser realizada em 48 horas
    Dilma chama impeachment de "interrupção ilegal e usurpadora" do seu mandato
    AGU diz que prosseguimento do impeachment no Senado é 'insustentável'
    Internet brasileira reage em peso à última reviravolta no processo de impeachment
    Tags:
    balas de borracha, bombas de gás, ocupatudo, rodovia, bloqueio, golpe, manifestações, estradas, impeachment, Rio-Santos, 23 de maio, Marginal Tietê, Marginal Pinheiros, UFRN, Frente Brasil Popular, Polícia Militar, MST, CUT, Dilma Rousseff, Paraíba, Natal, Ceará, Distrito Federal, Bahia, Pernambuco, Curitiba, Rio Grande do Sul, Minas Gerais, Amazonas, Espírito Santo, São Paulo, Rio de Janeiro, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik