00:57 22 Julho 2019
Ouvir Rádio
    Dilma Rousseff em ato do Dia do Trabalho em São Paulo

    Dilma anuncia reajuste de 9% do Bolsa Família e correção de 5% do IR

    Roberto Parizotti/ CUT
    Brasil
    URL curta
    29238

    A presidente do Brasil, Dilma Rousseff, anunciou neste domingo um reajuste de 9% para os beneficiários do Programa Bolsa Família - o aumento entrará em vigor ainda em 2016, segundo informou a Agência Brasil.

    O anúncio foi feito em ato promovido pela Central Única dos Trabalhadores (CUT), e Dilma revelou também uma correção de 5% da tabela do Imposto de Renda para o próximo ano; a contratação de, no mínimo, 25 mil moradias do Programa Minha Casa, Minha Vida; e a extensão da licença-paternidade de cinco para 20 dias aos funcionários públicos federais.

    “Quero lembrar que essa proposta [de reajuste do programa Bolsa Família] não nasceu hoje. Elas estavam previstas quando enviamos o Orçamento, em agosto de 2015, para o Congresso. Essa proposta foi aprovada pelo Congresso. Diante do quadro atual, tomamos medidas que garantam a receita para este ano e viabilizar tudo isso sem comprometer o cenário fiscal”, disse a Presidente Dilma. 

    Ao discursar, Dilma reiterou que não cometeu crime de responsabilidade ao assinar decretos com créditos suplementares — fato apontado na denúncia que originou o processo de impeachment. Segundo a presidente, no governo de Fernando Henrique Cardoso foram editados 101 decretos desse tipo. 

    “Para ele [Fernando Henrique Cardoso], não era nenhum golpe nas contas públicas. Para mim, é golpe nas contas públicas. Dois pesos e duas medidas. Eles não têm sobre o que me acusar, é constrangedor”, disse a presidente.

    Mais:

    Impeachment: Ministros negam crime de responsabilidade na defesa da Presidenta Dilma
    Dilma e Lula se reúnem para discutir defesa no Senado
    Dilma à mídia internacional: Ninguém pode sofrer impeachment por impopularidade
    Tags:
    correção, reajuste, imposto de renda, Bolsa Família, Dilma Rousseff, São Paulo, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar