19:27 18 Fevereiro 2018
Ouvir Rádio
    Presidenta Dilma Rousseff durante VII Cúpula do BRICS. (Ufa - Rússia, 09/07/2015)

    Cuba: Golpe de Estado no Brasil é golpe contra os BRICS

    Roberto Stuckert Filho/PR
    Brasil
    URL curta
    Pedido de impeachment de Dilma Rousseff (132)
    116919

    O Ministério das Relações Exteriores de Cuba "condena energicamente o golpe de Estado parlamentar que está em marcha no Brasil", de acordo com uma declaração publicada pelo jornal Granma.

    Expressando sua crítica em relação à situação atual no Brasil, a chancelaria cubana destaca que o processo de impeachment contra a presidenta Dilma Rouseff consiste em um ataque baseado em "acusações sem provas ou fundamentos legais, contra a legitimidade de um governo eleito nas urnas pela maioria do povo".

    Da mesma forma, o ministério cubano reconhece os resultados do rumo político brasileiro estabelecido desde 2003, graças ao qual 25 milhões "deixaram de viver na pobreza". 

    Além disso, segundo Havana, o Brasil se transformou em um "influente ator internacional" e em "promotor da unidade e da integração latino-americana e caribenha". 

    Ainda de acordo com o comunicado, o golpe no Brasil também é dirigido contra os BRICS, "que desafiaram a hegemonia do dólar norte-americano".  


    Tema:
    Pedido de impeachment de Dilma Rousseff (132)

    Mais:

    Banco do BRICS aprova investimentos de US$ 811 milhões em projetos de energias renováveis
    Conselho Latinoamericano de Ciências Sociais classifica o processo de impeachment de golpe
    'Dilma não se curvará ao golpe', anuncia advogado-geral da União
    Próxima cúpula do BRICS será realizada em Goa em 15-16 de outubro
    Tags:
    democracia, integração, Dólar, hegemonia, golpe de Estado, golpe, impeachment, BRICS, Dilma Rousseff, América Latina, EUA, África do Sul, China, Índia, Rússia, Cuba, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik