20:31 06 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    Palácio do Planalto

    Planalto: divulgação de conversa entre Dilma e Lula viola lei e Constituição

    Roberto Stuckert Filho/ PR
    Brasil
    URL curta
    39203
    Nos siga no

    A Presidência divulgou uma nota explicando o teor da conversa telefônica entre a presidenta Dilma Rousseff e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, divulgada pelo juiz federal Sérgio Moro na noite desta quarta-feira (16), e condenou a quebra de sigilo como uma “flagrante violação” da lei e da Constituição do país.

    "Assim, em que pese o teor republicano da conversa, repudia com veemência sua divulgação que afronta direitos e garantias da Presidência da República. Todas as medidas judiciais e administrativas cabíveis serão adotadas para a reparação da flagrante violação da lei e da Constituição da República, cometida pelo juiz autor do vazamento" – diz a nota.

    O Palácio do Planalto afirma que o envio do termo de posse de Lula como novo ministro-chefe da Casa Civil, assinalado em conversa cujo conteúdo foi divulgado hoje pelas maiores medidas do país, não visou a proteção do ex-presidente perante uma possível ação da polícia federal. De acordo com o comunicado, o documento foi encaminhado para que Lula pudesse assiná-lo caso não conseguisse comparecer à cerimônia de sua posse como ministro da Casa Civil, marcada para esta quinta-feira (17).

    "Uma vez que o novo ministro, Luiz Inácio Lula da Silva, não sabia ainda se compareceria à cerimônia de posse coletiva, a Presidenta da República encaminhou para sua assinatura o devido termo de posse. Este só seria utilizado caso confirmada a ausência do ministro" – diz o comunicado.

    O juiz federal Sérgio Moro retirou nesta quarta-feira (16), no âmbito da Operação Lava Jato, o sigilo de grampos telefônicos envolvendo o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e a presidenta Dilma Rousseff. Uma das conversas entre Lula e Dilma, presentes no despacho que liberou as gravações, aconteceu na manhã de hoje, e foi divulgada já no final no dia pelas maiores mídias do país.

    Tags:
    grampo, constituição, violação, Palácio do Planalto, Lula, Dilma Rousseff, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar