06:57 13 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Presidenta Dilma Rousseff durante pronunciamento no Palácio do Planalto nesta sexta-feira, 4 de março

    Dilma critica ação contra Lula em discurso no Palácio do Planalto

    Roberto Stuckert Filho/PR
    Brasil
    URL curta
    Depoimento de Lula na Lava Jato (11)
    65239

    A presidenta do Brasil, Dilma Rousseff, expressou nesta sexta-feira, em pronunciamento no Palácio do Planalto, profundo "inconformismo" com a "desnecessária condução coercitiva" do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para prestar depoimento na Polícia Federal.

    Ex-presidente do Brasil, Lula
    © REUTERS/ Ricardo Stuckert/Instituto Lula
    "Em primeiro lugar, quero manifestar o meu mais absoluto inconformismo com o fato do ex-presidente Lula, que por várias vezes compareceu de forma voluntária para prestar esclarecimentos perante as autoridades competentes, seja agora submetido à desnecessária condução coercitiva para prestar mais um outro depoimento", declarou a presidenta. 

    Acompanhada de 12 ministros, Dilma também se disse indignada com os supostos termos da delação premiada do senador Delcídio do Amaral, afirmando que, caso tenha sido feita, a mesma teve como objetivo exclusivo atingir o seu governo.

    "Acredito ser lamentável que ocorra ilegalmente vazamento de hipotética delação premiada que, se chegou a ser feita, teve como motivo único a tentativa de atingir minha pessoa e meu governo, provavelmente pelo imoral desejo de vingança de quem não defendeu quem não poderia ser defendido pelos atos que praticou". 

    Rebatendo as acusações que teriam sido feitas por Delcídio, Dilma negou que tenha feito gestões junto ao Poder Judiciário para mudar os rumos da Lava-Jato em suposto encontro com o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski, em Portugal, no ano passado.

    "Em nota, o presidente da Suprema Corte desmentiu essa absurda versão, afirmando textualmente o que nós já havíamos anteriormente afirmado de público, ou seja, que o objeto dessa reunião foi exclusivamente a discussão acerca de um projeto de lei que tratava de reajuste dos servidores do Poder Judiciário".

    Tema:
    Depoimento de Lula na Lava Jato (11)
    Tags:
    Operação Lava Jato, Ricardo Lewandowski, Delcídio do Amaral, Luiz Inácio Lula da Silva, Dilma Rousseff, Portugal, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik