01:50 19 Novembro 2018
Ouvir Rádio
    Mangueira faz homenagem à cantora Maria Bethânia no Sambódromo

    Mangueira é a grande campeã do Carnaval 2016

    © Tomaz Silva/Agência Brasil
    Brasil
    URL curta
    285

    A Estação Primeira de Mangueira conquistou nesta quarta-feira o seu 18º título do Carnaval do Rio de Janeiro. Com homenagem aos 50 anos de carreira da cantora Maria Bethânia, a tradicional escola carioca quebrou um jejum que já durava 14 anos.

    A disputa pelo campeonato foi acirrada desde o início da apuração no sambódromo da Sapucaí, com Unidos da Tijuca (2º), Portela (3º) e Salgueiro (4º) ameaçando a Mangueira até o fim. Com a definição apenas no último quesito, alegorias e adereços, a verde-e-rosa acabou levando a melhor, chegando aos 269,8 pontos. 

    Campeã em 2015, a Beija-Flor não conseguiu repetir o desempenho do último ano, mas garantiu a permanência na elite do carnaval carioca ao terminar na quinta colocação, seguida pela Imperatriz Leopoldinense. 

    No próximo sábado, Mangueira, Unidos da Tijuca, Portela, Salgueiro, Beija-Flor e Imperatriz retornam à avenida para o Desfile das Campeãs, que reúne as seis melhores escolas da edição. Já a Estácio de Sá, que terminou na última posição, foi rebaixada e terá que disputar a Séria A no ano que vem. 

    Mais:

    Latino-americanos curtem carnaval de rua no Rio de Janeiro
    FOTOS: Série A do Carnaval carioca desfila na Marquês de Sapucaí
    É CARNAVAL! Enredos, números e atrações das Escolas de Samba do Rio
    Tags:
    Carnaval, Unidos da Tijuca, Salgueiro, Portela, Beija-Flor, Imperatriz Leopoldinense, Estácio de Sá, Mangueira, Rio de Janeiro, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik