01:46 19 Novembro 2018
Ouvir Rádio
    Desfile do Salgueiro no Carnaval 2015

    É CARNAVAL! Enredos, números e atrações das Escolas de Samba do Rio

    © Sputnik / Cris Gomes
    Brasil
    URL curta
    0 01

    A elite do carnaval invade o Sambódromo carioca. No domingo (7) e na segunda-feira (8), as Escolas de Samba do Grupo Especial do Rio de Janeiro desfilam para um público de 75 mil pessoas que se somam aos milhões de espectadores que assistem ao espetáculo, ao vivo, pela TV e internet.

    Em duas noites, 12 escolas, que levam, cada uma, de 2.500 a 4 mil sambistas, percorrerão os 700 metros da passarela cantando enredos que vão da homenagem ao político Miguel Arraes, o ex-governador de Pernambuco que foi preso e exilado durante a ditadura militar que se instalou no Brasil em 1964, a São Jorge, o santo padroeiro da Rússia, Inglaterra, Portugal, entre outros países, e que é venerado pelos cariocas. A seguir, conheça os detalhes dos desfiles no Sambódromo, o tradicional palco do samba instalado no bairro do Estácio, na região central do Rio de Janeiro.   

    DOMINGO, 7 DE FEVEREIRO

    Estácio de Sá

    21h30 – A escola abre o espetáculo. O enredo “Salve Jorge! Guerreiro na Fé” exalta o santo mais popular entre os cariocas. O intérprete é Wander Pires, Luana Bandeira é a rainha de bateria. Entre os carnavalescos responsáveis pelo desenvolvimento do enredo está Chico Spinosa, que foi campeão pela mesma Estácio em 1992, com “Paulicéia Desvairada, 70 anos de Modernismo”.

    Desfile da Estácio de Sá no Carnaval 2015
    © Sputnik / Cris Gomes
    Desfile da Estácio de Sá no Carnaval 2015

    União da Ilha

    Entre 22h35 e 22h52 – É considerada uma das escolas mais descontraídas do carnaval. Muitos dos seus enredos homenageiam o Rio de Janeiro e o espírito carioca. Neste carnaval, o tema é "Olímpico por natureza. Todo mundo se encontra no Rio". Em um dos versos, o intérprete Ito Melodia avisa que os Jogos vão começar e ser carioca “é compartilhar felicidade, se misturar pela cidade”. Bianca Leão é rainha da bateria que promete arrastar 3.800 componentes na passarela do samba.

    Desfile da União da Ilha no Carnaval 2014
    © Sputnik / Cris Gomes
    Desfile da União da Ilha no Carnaval 2014
     

    Beija-Flor 

    Entre 23h40 e 00h14 – A Beija-Flor vem com o enredo "Mineirinho Genial! Nova Lima — Cidade Natal. Marquês de Sapucaí — O Poeta Imortal!". Vai celebrar a figura histórica que dá nome à avenida onde foi construído o sambódromo. Campeoníssima do carnaval – ganhou o título em 2015 pela 13ª vez — a Beija Flor desfila com 3.700 componentes sob o comando do carnavalesco Laíla. A rainha de bateria é Rayssa Oliveira. Neguinho da Beija-Flor, uma lenda do samba, é o intérprete.

    Desfile da Beija-Flor no Carnaval 2015
    © Sputnik / Cris Gomes
    Desfile da Beija-Flor no Carnaval 2015

    Grande Rio

    Entre 00h45 e 01h36 – A cidade de Santos (SP) é homenageada pela Grande Rio. Pelé, o orgulho do lendário time do Santos na década de 1960, é destaque. Citações à beleza da cidade e discreta referência à Marquesa de Santos, amante de D.Pedro I, completam o enredo "Fui no Itororó beber água, não achei. Mas achei a bela Santos, e por ela me apaixonei". A atriz Paloma Bernardi é a rainha de bateria da Grande Rio, que tradicionalmente vem com muitas celebridades da TV.

    Desfile da Grande Rio no Carnaval 2015
    © Sputnik / Cris Gomes
    Desfile da Grande Rio no Carnaval 2015

    Mocidade 

    Entre 01h50 e 2h58: "O Brasil de La Mancha: Sou Miguel, Padre Miguel. Sou Cervantes, Sou Quixote Cavaleiro, Pixote Brasileiro" será cantado por 3.500 componentes. É o enredo da Mocidade Independente de Padre Miguel. A cantora Claudia Leitte virá como rainha de bateria, enquanto Bruno Ribas “puxará” o samba. O carnavalesco é Alexandre Louzada, campeão em 1998, pela Mangueira, com enredo que homenageou Chico Buarque.

    Desfile da Mocidade no Carnaval 2015
    © Sputnik / Cris Gomes
    Desfile da Mocidade no Carnaval 2015
     

    Unidos da Tijuca

    Entre 2h55 e 4h20:  A natureza e a agricultura inspiram o enredo da "Semeando sorriso, a Tijuca festeja o solo sagrado". A escola do Borel, uma das mais tradicionais comunidades do Rio, tem como intérprete o cantor Tinga. Dudu Nobre é um dos autores do samba e a atriz Juliana Alves reina na bateria. A escolas é dona de quatro  títulos no Grupo Especial. O desfile deste ano foi criado pelos carnavalescos Mauro Quintaes, Annik Salmon, Hélcio Paim e Marcus Paulo.

    Desfile da Tijuca no Carnaval 2014
    © Sputnik / Cris Gomes
    Desfile da Tijuca no Carnaval 2014

     

    SEGUNDA-FEIRA, 8 DE FEVEREIRO

    Vila Isabel

    21h30: A escola do bairro de Noel Rosa faz uma viagem simbólica até Recife para cantar Miguel Arraes. Político identificado com lutas sociais, ele foi cassado durante a ditadura militar. Após o exílio, o povo o conduziu de volta ao cargo de governador de Pernambuco. Arraes é quase um mito no sertão pernambucano. E é essa a história narrada no enredo "Memórias de Pai Arraia. Um sonho pernambucano, um legado brasileiro". A rainha de bateria é a apresentadora Sabrina Sato. Martinho da Vila e a filha Mart’nália estão entre os autores do samba. O intérprete Igor Sorriso vai embalar 3.800 componentes.

    Desfile da Vila Isabel no Carnaval 2013
    © Sputnik / Cris Gomes
    Desfile da Vila Isabel no Carnaval 2013

    Salgueiro

    Entre 22h35 e 22h52: Uma das grandes forças do carnaval, a tradicionalíssima Salgueiro  canta em "A Ópera dos Malandros" as figuras de ginga, terno branco e sapato bicolor das ruas do passado. Eram os mestres-salas das madrugadas cariocas, segundo o samba que será interpretado por Serginho do Porto e Leonardo Bessa. Como rainha de bateria, a espetacular Viviane Araújo. Renato Lage, que assina o desfile com Márcia Lage, tem quatro títulos do Grupo Especial no seu currículo. Salgueiro bota na avenida 3.800 componentes.

    Desfile do Salgueiro no Carnaval 2015
    © Sputnik / Cris Gomes
    Desfile do Salgueiro no Carnaval 2015

    São Clemente

    Entre 23h40 e 00h14: Irreverência e alegria são marcas da São Clemente, escola de Botafogo, bairro da Zona Sul do Rio de Janeiro. Neste ano, o enredo "Mais de mil palhaços no salão" recorda bailes, marchinhas e a fantasia recorrente no carnaval de rua: o palhaço. A carnavalesca é a campeoníssima Rosa Magalhães, detentora de oito títulos do Grupo Especial. O intérprete: Leozinho Nunes. Raphaela Gomes é a rainha de bateria que vai animar 3.800 componentes.

    Desfile da São Clemente no Carnaval 2013
    © Sputnik / Cris Gomes
    Desfile da São Clemente no Carnaval 2013
     

    Portela

    Entre 00h45 e 01h36: A Portela fez do seu símbolo e da sua história o enredo deste carnaval. "No voo da Águia, uma viagem sem fim", a escola de Madureira canta sua própria mística. O carnavalesco é Paulo Barros, um referência em criatividade e inovação, três vezes campeão por outra escola; a Unidos da Tijuca. É seu primeiro desfile na Portela, que terá como intérprete do samba a dupla Wantuir e Gilsinho. A rainha de bateria é Patrícia Nery.

    Desfile da Portela no Carnaval 2015
    © Sputnik / Cris Gomes
    Desfile da Portela no Carnaval 2015
     

    Imperatriz Leopoldinense

    Entre 01h50 e 02h58: Para cantar a vida sertaneja, peões, boiadas, sertão e cerrado, a Imperatriz Leopoldinense montou o enredo "É o Amor… Que mexe com minha cabeça e me deixa assim… – Do sonho de um caipira nascem os Filhos do Brasil". Os cantores Zezé di Camargo e Luciano figuram como símbolos desse universo brasileiro. O carnavalesco Cahé Rodrigues, Débora Colker como responsável pela coreografia da Comissão de Frente, a bela atriz Cris Viana como rainha de bateria e o intérprete Marquinhos Art'Samba vão conduzir o desfile de 3.800 componentes.

    Desfile da Imperatriz no Carnaval 2015
    © Sputnik / Cris Gomes
    Desfile da Imperatriz no Carnaval 2015

    Mangueira

    Entre 02h55 e 04h20: Um das apresentações mais aguardadas no Sambódromo. A Mangueira celebra "Maria Bethânia, a Menina dos Olhos de Oyá". Com intensa inspiração no sincretismo religioso, uma característica da homenageada, a baiana, católica e filha de Yansã Maria Bethânia, coube ao carnavalesco Leandro Vieira desenvolver o enredo. A cantora levará sua corte para a passarela do samba, Caetano Veloso, irmãos e amigos. A Mangueira desfilará com 3.800 componentes. O intérprete do samba é Ciganerey. Evelin é a rainha de bateria.

    Desfile da Mangueira no Carnaval 2015
    © Sputnik / Cris Gomes
    Desfile da Mangueira no Carnaval 2015

    Mais:

    Crianças refugiadas esquecem o terror da guerra na alegria dos desfiles do carnaval do Rio
    Mais de 15 mil PMs farão a segurança durante o Carnaval no Rio
    Recorde de cruzeiros no Rio para o Carnaval: mais 130 mil turistas para a folia
    Tags:
    escolas de samba, desfile, Sambódromo, Carnaval 2016, Carnaval, São Clemente, Vila Isabel, Grande Rio, Unidos da Tijuca, União da Ilha, Salgueiro, Portela, Beija-Flor, Mocidade, Imperatriz Leopoldinense, Estácio de Sá, Mangueira, Rio de Janeiro
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik