23:29 25 Setembro 2018
Ouvir Rádio
    Distrito de Bento Rodrigues, em Mariana, Minas Gerais.

    Incertezas rondam rompimento de barragens em Minas Gerais

    Agência Brasil / Corpo de Bombeiros de Minas Gerais
    Brasil
    URL curta
    101

    As informações sobre o rompimento das barragens de Fundão e Santarém no distrito de Bento Rodrigues, em Mariana, ainda são desencontradas, mas ao menos duas pessoas morreram. O número de feridos e desaparecidos continua uma incógnita. Oficialmente, a Samarco, mineradora proprietária dos locais, destacou que 25 funcionários não foram localizados.

    Na porta de hospitais, muitas pessoas procuram por parentes. O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) calcula que há 492 habitantes e 121 domicílios em Bento Rodrigues. A situação ainda preocupa, pois a lama que cobriu a região podem conter metais pesados e há áreas com risco de desabamentos. A Samarco e a Prefeitura de Mariana pediram aos moradores que saiam do distrito.

    Inicialmente, a notícia era de que a barragem de Fundão havia se rompido. Porém, a diretoria da mineradora divulgou um vídeo em sua página em uma rede social esclarecedo que Santarém também sucumbira. As causas do acidente ainda não foram divulgadas, mas especialistas dizem que diversos possibilidades podem ter acontecido.

    Ambientalistas destacam que toda a região próxima pode ser afetada pela tragédia, uma vez que os metais pesados caíram nos rios e também foi absorvido pelo solo.

    Tags:
    meio ambiente, lama tóxica, metais pesados, inundação, rompimento, barragem, Santarém, Fundão, prefeitura, IBGE, Samarco, Brasil, Minas Gerais, Mariana, Bento Rodrigues
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik