07:29 18 Fevereiro 2018
Ouvir Rádio
    Bandeira do PT em manifestação de apoio ao partido, no último domingo (16), em São Paulo

    Após bomba e incêndio, sede do PT sofre invasão em São Paulo

    © AFP 2018/ Miguel Schincariol
    Brasil
    URL curta
    6612

    O Diretório do PT disse nesta segunda-feira que a sede municipal do partido na capital paulista foi invadida nesta madrugada. O Boletim de Ocorrência foi registrado no 1° Distrito Policial da Sé, mas, segundo integrantes do Partido dos Trabalhadores, não há indícios, até agora, de que algo tenha sido roubado do local.

    Em nota assinada pelo presidente da legenda em São Paulo, o Partido dos Trabalhadores informou que os invasores vasculharam gavetas e armários, mas, ao que tudo indica, não houve "furto de pertences". Lembrando que esse foi o quarto episódio de violência contra suas instalações no estado apenas neste ano, o PT pediu que o caso seja investigado e apurado com prioridade.

    "Esse é o quarto acontecimento, somente em 2015. O primeiro foi na sede do Diretório em Jundiaí,  seguidos dos atentados à bomba nas sedes do Diretório Zonal — PT Centro e no Instituto Lula. Diante dessa situação é preciso que se apure e punam os culpados", diz o documento.

    Na noite do último 30 de julho, o Instituto Lula, na zona sul da cidade, sofreu um ataque à bomba que causou sérios danos à estrutura do prédio localizado no bairro do Ipiranga. Embora ninguém tenha ficado ferido no incidente e os responsáveis não tenham sido identificados, o episódio, segundo fontes ligadas ao instituto e ao PT, foi mais um evidente "ataque político", como os registrados no início do ano. 

    Em março, dois ataques contra imóveis do partido em São Paulo já haviam chamado a atenção das autoridades e provocado grande indignação entre membros do PT e setores da sociedade civil. No primeiro, um incêndio provocado por vândalos não identificados destruiu diversos documentos, móveis e outros itens na sede do partido na cidade de Jundiaí, enquanto, no segundo caso, uma bomba atirada também por pessoas não identificadas quebrou vários vidros e danificou a porta de entrada do Diretório do PT na capital paulista, que, na ocasião, estava vazio. 

    Até o momento, nenhum responsável pelos ataques às sedes do Partido dos Trabalhadores foi preso. 

    Mais:

    Lula prometeu voltar a viajar pelo país para defender governo e o PT
    PT convoca jornada de luta e dirigente fala em “ofensiva do capital articulado aos EUA”
    Lula: PT perdeu a utopia, “só pensa em ser eleito”
    Dilma chega ovacionada ao Congresso do PT
    Tags:
    bomba, incêndio, ataque, Instituto Lula, PT, Paulo Fiorilo, Ipiranga, Jundiaí, São Paulo, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik