09:12 22 Novembro 2017
Ouvir Rádio
    Incêndio atinge tanques de combustível da empresa Ultracargo, na área industrial da Alemoa, em Santos (SP), na manhã desta sexta-feira, 3 de março.

    Dilma solicita participação de órgãos federais no combate ao incêndio em Santos

    DELAMONICA/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO
    Brasil
    URL curta
    0 16141

    A presidenta Dilma Rousseff colocou o governo federal à disposição do estado de São Paulo e da prefeitura de Santos para auxiliar no combate ao incêndio que atinge tanques de combustíveis da empresa Ultracargo, no Terminal da Alemoa, na Baixada Santista.

    Dilma determinou que a Aeronáutica e a Infraero destaquem homens e equipamentos para apoiarem o controle do incêndio, que completa quatro dias nesta segunda-feira, 6 de abril. De acordo com a Secretaria de Imprensa da Presidência da República, o vice-presidente, Michel Temer, conversou no último sábado, 4 de abril, com o prefeito de Santos, Paulo Alexandre, e com o secretário de Segurança Pública de São Paulo, Alexandre Moraes.

    O incêndio teve início na última quinta-feira, 2 de abril, e seis tanques foram atingidos. Cerca de 75 mil litros de água por minuto estão sendo jogados sobre os tanques com auxílio das bombas de três rebocadores e do navio do Corpo de Bombeiros, que estão a uma distância de 650 metros do local do incêndio. O vento, no entanto, prejudica o trabalho dos bombeiros, informou Agência Brasil.

    Tags:
    incêndio, Ultracargo, Michel Temer, Dilma Rousseff, Santos, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik