07:56 16 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    11174
    Nos siga no

    O presidente dos EUA, Joe Biden, deixou claro para os líderes do G7, em uma reunião nesta terça-feira (24), que cada dia de operações no Afeganistão coloca as forças norte-americanas em risco ante as crescentes ameaças do Daesh (grupo terrorista proibido na Rússia e em outros países).

    Nesta terça-feira (24), um porta-voz do grupo insurgente afirmou que não vai haver extensão de datas para evacuação de cidadãos afegãos, pelo que, até o final de agosto, os EUA deverão concluir a retirada de suas tropas do país. A partir de agora, apenas estrangeiros estão autorizados entrar no aeroporto de Cabul e abandonar o país.

    "Esta manhã, durante uma reunião com os líderes do G7, o presidente informou que nossa missão em Cabul terminará com base na realização de nossos objetivos", disse Jen Psaki, secretária de Imprensa da Casa Branca, em um comunicado.

    "[Biden] deixou claro que com o passar de cada dia de operações no solo [afegão], estamos aumentando o risco para nossas tropas com as crescentes ameaças vindas do Daesh, e que o fim de nossa missão em 31 de agosto depende da coordenação contínua com o Talibã, incluindo o acesso contínuo de pessoas a serem evacuadas ao aeroporto", acrescentou.

    Nessa reunião, Biden teria concordado em preparar "planos de contingência" para evacuar pessoas fora do prazo, se necessário, apesar de o presidente democrata estar ciente das ameaças que seus militares poderão enfrentar.

    De momento, tropas lideradas pelos EUA estão intensificando as operações para retirar milhares de afegãos do aeroporto de Cabul antes da data limite chegar, após Talibã adverter que não permitirá prorrogação do prazo de saída das forças estrangeiras do país.

    Mais:

    Incêndio é relatado no aeroporto de Cabul (VÍDEOS)
    China e Irã dão seu apoio a Afeganistão após EUA congelarem bens no valor de US$ 9 bilhões
    Porta-voz do Talibã anuncia fecho de entrada do aeroporto de Cabul; só estrangeiros podem passar
    Tags:
    EUA, G7, Afeganistão, Talibã, retirada, forças militares, Cabul
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar