08:41 25 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    102610
    Nos siga no

    A apresentação de uma nova unidade de elite mostra os insurgentes armados com fuzis táticos M4 em vez dos tradicionais AK-47.

    Militantes do Talibã (organização terrorista proibida na Rússia e em outros países) surgiram "disfarçados" com a farda das tropas norte-americanas enquanto patrulhavam as ruas de Cabul, conforme mostra um vídeo da unidade de elite Badri 313, que o grupo alega ter implantado para vigiar a capital afegã, segundo The Telegraph.

    O vídeo mostra diversos insurgentes com capacetes modernos, óculos de sol e coletes à prova de balas sobre a farda camuflada, algo muito diferente de seus tradicionais turbantes e túnicas. Além disso, os talibãs são vistos portando fuzis táticos M4, ao invés do habitual AK-47.

    ​Unidades Badri 313 do Talibã que ele implantou em Cabul para "segurança".

    Segundo o jornal britânico, os canais de propaganda talibãs divulgaram o vídeo detalhando que a unidade patrulhará as ruas de Cabul e vigiará o palácio presidencial. Vale ressaltar, que a unidade Badri 313 não foi vista nesta semana no aeroporto da capital, onde os combatentes talibãs tentaram manter a ordem com fuzis AK-47 e bastões.

    Acredita-se que o nome da unidade recorde a batalha de Badr, que ocorreu em 624 e na qual o profeta Maomé liderou uma força de 313 combatentes contra seus oponentes da tribo Quraysh de Meca.

    Mais:

    FOTOS mostram tropas americanas no Afeganistão após chegada do Talibã ao poder
    Captura de equipamentos e aeronaves militares dos EUA pelo Talibã gera alerta na Europa e EUA
    Qual a diferença entre ideologias do Talibã, Al-Qaeda e Daesh? Especialista explica
    Tags:
    Talibã, Afeganistão, conflito, EUA, equipamentos militares
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar