10:41 22 Outubro 2021
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    8517
    Nos siga no

    Através de um aviso administrativo, os funcionários da embaixada norte-americana receberam a ordem de destruir materiais sensíveis como artigos que "poderiam ser usados indevidamente em esforços de propaganda".

    A ordem de destruir o material confidencial, incluindo artigos onde se encontra a imagem da bandeira dos EUA, o logotipo da embaixada e outros símbolos de agências norte-americanas.

    Um porta-voz do Departamento de Estado, em uma entrevista ao The Hill, descreveu a destruição de documentos na embaixada como um procedimento operacional padrão.

    A ordem denominada "serviços de destruição de emergência" surge em meio à evacuação parcial dos diplomatas norte-americanos com apoio de militares, devido à crescente ofensiva do Talibã (organização terrorista proibida na Rússia e em outros países).

    Uma fonte diplomática consultada pela CNN observou que uma avaliação da inteligência alertou que Cabul poderia ser cercada pelos talibãs em uma semana ou possivelmente no prazo de 72 horas, embora isso não signifique que entrem na capital.

    Mais:

    EUA ameaçam intensificar ataques aéreos contra Talibã se o grupo 'continuar violência'
    Captura de Zaranj: Talibã toma controle de sua 1ª capital provincial no país (FOTOS, VÍDEO)
    Afeganistão: Talibã assume responsabilidade por assassinato de alto funcionário afegão em Cabul
    Tags:
    EUA, Embaixada, Afeganistão, documentos, documentos secretos
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar