00:35 24 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    0 13
    Nos siga no

    O piloto abriu fogo e matou três pessoas, antes de se suicidar em uma base da Força Aérea Real da Malásia.

    De acordo com o jornal New Strait Times, o piloto, com patente de cabo, foi recentemente transferido para uma base aérea na cidade de Kota Samarahan e estava em quarentena devido à COVID-19.

    Ele deixou a quarentena sem permissão e saiu com uma moto até um posto de guarda próximo durante a manhã, onde cinco guardas estavam deixando o turno da noite.

    Acredita-se que o suspeito, portando um revólver, perguntou aos presentes: "Vocês querem viver ou morrer?"

    Em seguida, ele abriu fogo contra outro cabo, atingindo o estômago, disparando também contra outros dois militares que tentaram escapar, antes de cometer o suicídio.

    O agressor não resistiu aos ferimentos e morreu na enfermaria da base aérea.

    Uma investigação foi iniciada para apurar o incidente. A causa dos disparos ainda é desconhecida. A polícia já identificou as vítimas.

    Mais:

    Tiroteio em San Jose, na Califórnia, tem 9 mortos, diz jornal
    Base da Força Aérea dos EUA no Texas é fechada devido a tiroteio (FOTO)
    Tiroteio em clube nos EUA deixa 2 pessoas mortas e mais de 20 feridas
    Tags:
    Malásia, piloto, Força Aérea, tiroteio, mortes
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar