10:53 11 Abril 2021
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    6517
    Nos siga no

    A maioria dos Estados-membros no Conselho de Segurança da ONU expressou preocupação nesta terça-feira (30) com os recentes testes de mísseis da Coreia do Norte e reafirmou a importância do diálogo.

    Após consultas fechadas sobre o assunto, uma fonte diplomática do Conselho de Segurança da ONU disse à Sputnik nesta terça-feira (30) que a organização reafirmou a importância do diálogo para lidar com a situação da Coreia do Norte.

    "Os Estados-membros estão, em sua maioria, preocupados com os testes. Todos reafirmaram o objetivo da desnuclearização [completa, verificável, irreversível] e a importância da diplomacia e do diálogo", disse a fonte. 
    Teste do míssil balístico de curto alcance KN-25 do Exército Popular da Coreia no Norte, com alcance de 380 km (foto de arquivo)
    © Foto / Rodong Sinmun
    Teste do míssil balístico de curto alcance KN-25 do Exército Popular da Coreia no Norte, com alcance de 380 km (foto de arquivo)

    A Coreia do Norte realizou uma série de testes de mísseis na semana passada, lançando, em particular, dois mísseis balísticos de curto alcance no mar do Japão (também conhecido como mar do Leste).

    A administração dos EUA reagiu aos testes norte-coreanos, afirmando que a "atividade" mostrava a "ameaça que o programa de armas ilícitas da Coreia do Norte representa para seus vizinhos e a comunidade internacional".

    Mais:

    Irmã de Kim Jong-un chama presidente da Coreia do Sul de 'papagaio criado pelos americanos'
    Coreia do Norte está sob olhar dos EUA e Coreia do Sul por posicionar foguetes em ilha fronteiriça
    Coreia do Norte dispara mísseis de curto alcance em desafio ao governo Biden
    Após sanções de direitos humanos, Coreia do Norte tacha União Europeia de 'psicótica'
    Tags:
    teste de mísseis, mísseis, míssil, EUA, Coreia do Norte, ONU
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar