20:10 16 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    1613
    Nos siga no

    Neste sábado (20), França, Japão e Estados Unidos realizaram um exercício naval conjunto a oeste da ilha de Kyushu para ensaiar o reabastecimento em movimento, segundo a mídia local.

    A informação foi publicada pela emissora japonesa NHK neste sábado (20), citando a Força de Autodefesa Marítima do Japão. De acordo com a NHK, o petroleiro de reabastecimento japonês Hamana foi treinado para reabastecer a fragata Prairial, da França, e o destróier Curtis Wilbur, dos EUA.

    Este seria o primeiro desses exercícios realizados pela França desde que o país assinou o Acordo de Aquisição e Serviços Cruzados (ACSA) com o Japão, em 2018. Os acordos ASCA costumam envolver uma prestação bilateral de apoio logístico, bem como alimentos, combustível e também suprimentos militares.

    O JS Hyuga é o primeiro destróier porta-helicópteros de sua classe da Força Marítima de Autodefesa do Japão. Foi construído em 2006 e entrou em serviço em 2009. O navio recebeu o nome da antiga província japonesa de Hyuga. É o maior navio construído para a Marinha japonesa desde a Segunda Guerra Mundial. A classe Hyuga são sobretudo navios de guerra antissubmarina que transportam helicópteros antissubmarino SH-60K
    © Foto / Wivern
    O JS Hyuga é o primeiro destróier porta-helicópteros de sua classe da Força Marítima de Autodefesa do Japão.

    Os exercícios ocorrem em meio aos preparos da fragata francesa para dar início ao patrulhamento do mar da China Oriental para evitar que navios norte-coreanos adquiram combustível de navio para navio e contornem as sanções impostas pela Organização das Nações Unidas (ONU).

    Em 22 de janeiro, a China aprovou uma lei autorizando a Marinha chinesa a atirar contra embarcações estrangeiras em águas que Pequim considera soberanas, o que inclui partes do mar da China Oriental sob reivindicação de soberania do Japão. Os EUA se opõem fortemente ao aumento da presença militar da China nessas águas, considerando a situação como uma ameaça estratégica para si e seus aliados na região.

    Mais:

    Japão realiza exercícios antissubmarino no mar do Sul da China
    EUA, Japão e Austrália realizam pela 5ª vez exercícios navais no mar do Sul da China em 2020
    Exercício militar no mar da China Oriental deve 'demonstrar a força da aliança Japão-EUA' (FOTOS)
    Tags:
    EUA, Japão, China, França, ONU, Coreia do Norte
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar