11:10 25 Fevereiro 2021
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    2202
    Nos siga no

    Nesta sexta-feira (19), o Ministério da Defesa de Taiwan afirmou que oito caças chineses entraram na região sudoeste da zona de identificação aérea do país (ADIZ, na sigla em inglês), em meio à escalada de tensões entre Pequim e Taipé.

    O ministério também afirmou que os caças, bem como uma aeronave de guerra eletrônica, voaram nas proximidades das ilhas de Pratas, controladas por Taiwan, na parte superior do mar do Sul da China.

    Além disso, citou que a Força Aérea de Taiwan fez decolar aviões para alertar as aeronaves da China que deixassem o local, segundo a Reuters.

    Desde meados de setembro de 2020 que o Ministério da Defesa de Taiwan faz relatos quase diários sobre atividades militares chinesas em sua ADIZ.

    A China tem endurecido sua retórica sobre Taiwan, afirmando que "independência de Taiwan significa guerra" e que suas Forças Armadas estavam agindo em resposta a provocações e interferências estrangeiras. Por sua vez, Tsai Ing-wen, presidente taiwanesa, diz que Taiwan já é um país independente.

    Mais:

    Tropas e tanques de Taiwan repelem ataque da China em exercício (VÍDEO, FOTOS)
    China promete 'firme contra-ataque' para enfrentar 'provocação dos EUA' ao reatarem laços com Taiwan
    Exército chinês realiza treinamentos de fogo real perto de Taiwan (VÍDEO)
    Tags:
    territórios disputados, disputa territorial, Taiwan, China, avião de assalto, avião de combate, avião de ataque
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar