23:11 25 Fevereiro 2021
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    0 21
    Nos siga no

    O Ministério da Defesa da Índia informou que conduziu nesta terça-feira (17) o segundo teste bem-sucedido do Sistema de Mísseis de Reação Rápida de Superfície-Ar (QRSAM, na sigla em inglês).

    Durante o teste, o QRSAM detectou e atingiu uma aeronave-alvo não tripulada. O primeiro teste de sucesso do sistema foi realizado em 13 de novembro.

    "Em mais um teste de voo, o Sistema de Mísseis de Reação Rápida de Superfície-Ar (QRSAM) rastreou o alvo com precisão e neutralizou com sucesso o alvo aerotransportado [...]. O teste de voo foi realizado na configuração de implementação do sistema de armas composto de Lançador, do Sistema de Comando e Controle Automatizado, do Sistema de Vigilância e Radares Multifuncionais [...]. Todos os objetivos do teste foram totalmente cumpridos", disse o comunicado publicado pelo Ministério da Defesa indiano.

    O governo indiano destacou que o sistema foi projetado por empresas nacionais e montado a partir de componentes indianos. O porta-voz da Defesa da Índia publicou fotos do teste nas redes sociais. 

    ​O segundo teste de voo do Sistema QRSAM: o segundo na série Sistema de Mísseis de Reação Rápida de Superfície-Ar rastreou e neutralizou com sucesso o alvo aéreo hoje na Campo de Testes, em Chandipur, na costa de Odisha.

    O ministro da Defesa indiano, Rajnath Singh, felicitou, nesta terça-feira (17), a Organização de Pesquisa e Desenvolvimento de Defesa pelos dois testes bem-sucedidos do QRSAM.

    Guardas de fronteira da China e da Índia
    © AFP 2021 / DIPTENDU DUTTA
    Guardas de fronteira da China e da Índia

    A Índia aumentou seu programa nuclear e de mísseis em meio às crescentes tensões com a China na Linha de Controle Real, na região de Ladakh, leste indiano. O mais recente confronto entre os países na região ocorreu em junho e custou a vida de 20 soldados indianos, além de um número desconhecido de militares chineses. Desde o incidente, a Índia conduziu mais de uma dúzia de testes de mísseis.

    Mais:

    Putin: China e Índia deverão produzir vacina russa Sputnik V
    Índia entrega submarino a Mianmar de modo a conter incursões estratégicas da China na região
    Bloomberg: após perder terreno no Himalaia, Índia se prepara para avanço da China nos próximos meses
    Tags:
    Ladakh, China, Índia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar