16:28 27 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    0 12
    Nos siga no

    Ministério da Defesa do Azerbaijão relata bombardeio de vários povoados pelas Forças Armadas da Armênia na linha de contato em Nagorno-Karabakh.

    "Atualmente, a cidade de Horadiz, localizada no distrito de Fizuli […], a cidade de Tartar e povoados deste distrito [...] estão sendo bombardeados pelas Forças Armadas armênias. Estão sendo tomadas medidas adequadas contra o inimigo", segundo comunicado do Ministério da Defesa azeri.

    Defesa do Azerbaijão declarou ainda nesta segunda-feira (5) que Armênia realizou bombardeio contra cidade de Ganja a partir de território armênio.

    "Cidade de Ganja está sendo bombardeada a partir do distrito armênio de Berd", lê-se em comunicado.

    Após alegações de Baku sobre bombardeio contra cidade azeri de Ganja, Shushan Stepanyan a porta-voz do Ministério da Defesa da Armênia declarou que Forças Armadas armênias não conduzem ataques contra o território do Azerbaijão.

    "Não é a primeira vez que círculos de oficiais do Azerbaijão divulgam informações incorretas alegando ataques do território da Armênia contra um ou outro povoado do Azerbaijão. O objetivo destes fluxos de informações falsas é esconder suas próprias intenções", escreveu a porta-voz em sua página no Facebook.

    Por outro lado, o Ministério da Defesa da Armênia informou que Azerbaijão conduz ataques contra a capital da república não reconhecida – Stepanakert.

    Explosões ocorreram perto do centro da cidade. Foram disparados, entre outras armas, lançadores múltiplos de foguetes.

    Além disso, o Serviço de Segurança Nacional da Armênia declarou na noite do domingo (4) que vários cidadãos estrangeiros foram detidos no país sob suspeitas de espionagem.

     Disparo de artilha na região contestada de Nagorno-Karabakh (foto de arquivo)
    © AP Photo / Ministério da Defesa do Azerbaijão
    Disparo de artilha na região contestada de Nagorno-Karabakh (foto de arquivo)

    O serviço informou que as detenções estariam relacionadas aos recentes conflitos com o Azerbaijão em Nagorno-Karabakh.

    Os confrontos eclodiram em Nagorno-Karabakh no domingo (27) e já deixaram centenas de mortos e feridos. Rússia, França e Estados Unidos estão entre os países que pediram o fim imediato das hostilidades na região.

    A linha de contato divide as forças armênias (o Exército de Defesa de Nagorno-Karabakh) e as Forças Armadas do Azerbaijão. Ela foi formada após o cessar-fogo de maio de 1994, que terminou com a guerra de 1988-1994 entre os dois países.

    Mais:

    Baku anuncia tomada de cidade estratégica em Nagorno-Karabakh; Erevan desmente
    Forças de Nagorno-Karabakh destroem 3 aviões do Azerbaijão, declara Ministério da Defesa da Armênia
    Explosões são ouvidas em Stepanakert, Nagorno-Karabakh
    Tags:
    Nagorno-Karabakh, territórios disputados, conflito regional, operações militares, Armênia, Azerbaijão, conflito armado
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar