15:24 27 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    382
    Nos siga no

    O Ministério da Defesa da Armênia divulgou no Facebook um vídeo das consequências do ataque de artilharia do Azerbaijão contra Stepanakert - capital da república não reconhecida de Nagorno-Karabakh.

    As imagens mostram crateras provocadas pelas explosões, destroços de edifícios, bem como veículos civis destruídos.

    Anteriormente foi relatado que mulheres e crianças estavam deixando Stepanakert por causa dos ataques de artilharia das Forças Armadas azeris.

    Além disso, praticamente todos os residentes deixaram as cidades de Nagorno-Karabakh localizadas ao longo da linha de contato entre os dois exércitos.

    Ontem (3) o primeiro-ministro da Armênia, Nikol Pashinyan, declarou que as Forças Armadas do Azerbaijão contam com a coordenação de 150 altos comandantes militares da Turquia no ataque à região de Nagorno-Karabakh.

    Pashinyan disse ainda que a envergadura do apoio de militares turcos é algo "sem precedentes".

    Os confrontos eclodiram em Nagorno-Karabakh no domingo (27) e já deixaram centenas de mortos e feridos. Rússia, França e Estados Unidos estão entre os países que pediram o fim imediato das hostilidades na região.

    A linha de contato divide as forças armênias (o Exército de Defesa de Nagorno-Karabakh) e as Forças Armadas do Azerbaijão. Ela foi formada após o cessar-fogo de maio de 1994, que terminou com a guerra de 1988-94 entre os dois países.

    Mais:

    Premiê armênio: 150 líderes militares turcos coordenam operação de Baku em Nagorno-Karabakh
    Após 'intensos combates', líder de Nagorno-Karabakh diz que posições militares 'melhoraram'
    Fortes explosões são ouvidas na capital de Nagorno-Karabakh, segundo correspondente da Sputnik
    Tags:
    Nagorno-Karabakh, bombardeamento, Azerbaijão, Armênia, conflito armado
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar