04:01 20 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    7422
    Nos siga no

    A Armênia chamou seu embaixador em Israel para consultas sobre o fornecimento de armas israelenses ao Azerbaijão, anunciou o Ministério das Relações Exteriores armênio nesta quinta-feira (1º).

    Em coletiva de imprensa, a porta-voz da chancelaria armênia, Anna Naghdalyan, qualificou como inaceitáveis os fornecimentos de armas por Israel ao Azerbaijão no contexto de crescentes conflitos na região de Nagorno-Karabakh.

    "O Ministério das Relações Exteriores tomou a decisão de chamar para consultas o seu embaixador em Israel", destacou a funcionária do governo armênio.

    No último dia 27, Nagorno-Karabakh voltou a ser palco de uma escalada de confrontos entre forças da Armênia e do Azerbaijão. A região é foco de conflitos desde 1988, quando este território com uma população predominantemente armênia decidiu se separar da então República Socialista Soviética do Azerbaijão. 

    ​As duas nações se acusam mutuamente de ter desencadeado essa nova espiral de hostilidades. Além disso, os dois lados reconhecem que a escalada já causou dezenas de mortos e centenas de feridos, incluindo civis, mas sustentam que as baixas e as perdas de material de guerra do lado inimigo são muito maiores.

    Mais:

    Lavrov apela por cessar-fogo em Nagorno-Karabakh em conversa com ministros da Armênia e Azerbaijão
    Jornalistas da França, Rússia e Armênia são feridos em ataques em Nagorno-Karabakh
    Putin, Trump e Macron acordaram declaração sobre situação em Nagorno-Karabakh
    Lavrov e Cavusoglu criticam presença estrangeira em Nagorno-Karabakh
    Tags:
    embaixador, guerra, conflito, armas, Israel, Nagorno-Karabakh, Azerbaijão, Armênia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar