14:22 02 Julho 2020
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    9686
    Nos siga no

    Nesta terça-feira (30), o Comitê Permanente do Congresso Popular Nacional, a maior autoridade legislativa da China, votou a favor da lei de segurança nacional para Hong Kong.

    O líder da China, Xi Jinping, assinou o decreto presidencial que aprova uma nova lei de segurança para a zona especial, de acordo com o canal estatal CCTV.

    Em resposta à aprovação da nova legislação, diversos ativistas da região especial, incluindo Joshua Wong, decidiram deixar seus partidos políticos. Vários ativistas pró-democracia deletaram suas contas em redes sociais devido a receios de possíveis acusações criminais baseadas na lei recentemente aprovada.

    Contudo, a chefe do poder executivo de Hong Kong, Carrie Lam, afirmou que a nova legislação não afetará a autonomia de Hong Kong.

    A nova legislação proíbe atividades terroristas, subversivas e secessionistas, assim como interferências estrangeiras em Hong Kong.

    Esta ação é apoiada pela liderança de Hong Kong, mas despertou uma onda de protestos na cidade, uma vez que um grande setor da população local teme pela perda de direitos. De acordo com Pequim, a nova leia busca punir atividades ilegais no território sem afetar as liberdades democráticas atuais.

    Mais:

    Antagonismo entre China e EUA pode levar ao declínio financeiro de Hong Kong?
    China suspende importações de 3 frigoríficos do Brasil com medo de novo surto da COVID-19
    China promete 'contra-ataque firme' aos EUA após fala de Trump sobre Hong Kong
    Tags:
    Xi Jinping, democracia, Hong Kong, China, Lei de Segurança Nacional, lei
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar