11:22 27 Setembro 2020
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    6302
    Nos siga no

    Enquanto visitava uma nova fábrica na Coreia do Norte, Kim Jong-un apareceu em foto que mostra uma marca em seu braço direito que poderia ser prova de que ele sofreu realmente uma cirurgia cardíaca.

    A foto com a marca foi feita enquanto o líder conversava com oficiais de seu governo durante a inauguração de uma fábrica de fertilizantes.

    A imagem mostra um sinal supostamente nunca visto antes no braço de Kim, segundo o portal NK News.

    Em uma postagem feita no Twitter, a foto na fábrica foi comparada com outra tirada durante um encontro político norte-coreano que teria sido realizado em 11 de abril.

    Das fotografias da KCTV de hoje:

    Uma marca escura é vista no braço de Kim Jong-un em um vídeo de sua aparição em 1° de maio. Ela [a marca] não estava lá no encontro do Politburo em 11 de abril.

    Profissionais da saúde que verificaram a fotografia dizem que isso pode ser de um procedimento médico.

    Ainda de acordo com o tabloide Daily NK, Kim Jong-un foi submetido a uma cirurgia cardíaca no dia 12 de abril, três dias antes de sua ausência ser notada no Dia do Sol (15 de abril), quando se comemora o nascimento do fundador do país, Kim Il-sung.

    Desde então, o líder norte-coreano ficou longe da mídia e sem aparições públicas por 20 dias, levantando rumores sobre seu paradeiro e até a hipótese de morte.

    Segundo médicos contaram ao NK News, a marca observada poderia ser uma cicatriz de punção da artéria radial no lado direito, que é feita para se obter amostra de sangue. No procedimento médico, uma agulha é inserida na artéria radial.

    Mais:

    Coreia do Norte aumenta suas atividades militares, diz Defesa sul-coreana
    Posto de fronteira da Coreia do Sul é atingido por tiros disparados do Norte
    Senador russo fala sobre saúde de Kim Jong-un após se reunir com embaixador da Coreia do Norte
    Tags:
    Kim Il-sung, Coreia do Norte, desaparecimento, saúde, cirurgia, Kim Jong-un
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar