07:38 30 Setembro 2020
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    4613
    Nos siga no

    Um navio de guerra dos EUA cruzou o estreito de Taiwan pela segunda vez em um mês, informaram militares taiwaneses e americanos, em meio ao aumento de tensões entre Taiwan e a China.

    O Ministério da Defesa de Taiwan disse que o navio, o destróier de mísseis guiados USS Barry, navegou para sul através do estreito de Taiwan, que separa a ilha da China continental.

    O destróier estaria em "uma missão comum" efetuando um "trânsito de rotina no estreito de Taiwan" de acordo com o direito internacional, informou o tenente Anthony Junco, porta-voz da 7ª Frota do Pacífico dos EUA.

    "O trânsito do navio através do estreito de Taiwan demonstra o compromisso dos EUA com um Indo-Pacífico livre e aberto. A Marinha dos EUA continuará voando, navegando e operando em qualquer lugar que a lei internacional permita", comentou o porta-voz, citado pela Reuters, nesta sexta-feira (24).

    Esta é a segunda vez que o USS Barry cruza o estreito neste mês, tendo feito a mesma rota há duas semanas, no mesmo dia em que caças chineses sobrevoaram águas próximas a Taiwan.

    ​Marinheiros da Marinha dos EUA vigiam a bordo do USS Barry [DDG52] enquanto o destróier de mísseis mobilizado da 7ª Frota dos EUA transitava pelo estreito de Taiwan na quinta-feira [23]. O DDG52 em torno da Frota

    A China tem criticado repetidamente os EUA por seus navios de guerra navegarem pelo estreito de Taiwan, caracterizando os trânsitos como comportamentos "perigosos" que "prejudicam gravemente a paz e a estabilidade" na região.

    Anteriormente, Taipei confirmou que um porta-aviões e respectivos navios tinham navegado para o sul da ilha, através do canal Bashi entre Taiwan e as Filipinas, em direção ao leste. Nos últimos meses, a China realizou vários exercícios perto de Taiwan, inclusive com o uso de jatos e bombardeiros nucleares, descritos por Taipé como tentativas de intimidação por parte de Pequim.

    Destróier americano USS Porter lança míssil Tomahawk no mar Mediterrâneo (foto de arquivo)
    © AP Photo / Marinha dos EUA / Ford Williams
    Destróier americano USS Porter lança míssil Tomahawk no mar Mediterrâneo (foto de arquivo)

    Taiwan tem sido governada independentemente da China desde 1949. Pequim considera a ilha como parte do continente, enquanto Taiwan insiste em ser um país autônomo, tendo estabelecido relações políticas e econômicas com vários outros Estados que reconhecem a sua soberania.

    Mais:

    Grupo aeronaval da China realiza manobras perto de Taiwan, afirma Ministério da Defesa da ilha
    Avião espião dos EUA teria sido avistado sobrevoando região sul de Taiwan
    China acusa EUA de 'prejudicarem paz' no estreito de Taiwan com navio armado
    Tags:
    Indo-Pacífico, Frota do Pacífico, Estreito de Taiwan, navio de guerra, destróier
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar