06:17 12 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    7555
    Nos siga no

    A Coreia do Norte lançou diversos mísseis de cruzeiro de curto alcance, informou a agência de notícias Yonhap, citando o Estado-Maior Conjunto da Coreia do Sul.

    Os mísseis foram lançados a partir de áreas próximas da cidade costeira de Munchon, província de Gangwon, em direção ao mar do Japão. Seul, por sua vez, afirmou que segue acompanhando de perto a atividade norte-coreana, não tendo fornecido mais detalhes sobre o episódio.

    "O nosso Exército está monitorando de perto a situação, mantendo a prontidão frente a possíveis futuras ações militares da Coreia do Norte. As agências de inteligência dos EUA e da Coreia do Sul estão investigando minuciosamente as informações disponíveis", comunicou o Estado-Maior Conjunto à agência de notícias Yonhap.

    Os projéteis, que possivelmente são mísseis de cruzeiro antinavio, percorreram uma distância de 150 quilômetros antes de cair no mar do Japão.

    A entidade informou ainda que Pyongyang disparou mísseis ar-terra a partir de caças.

    Os novos lançamentos aconteceram na véspera do aniversário do falecido fundador da Coreia do Norte, Kim Il-sung, bem como das eleições gerais na Coreia do Sul.

    Lançamento de míssil da Coreia do Norte (imagem referencial)
    © Foto / KCNA VIA KNS
    Lançamento de míssil da Coreia do Norte (imagem referencial)

    Em março, a Coreia do Norte havia realizado três lançamentos de mísseis na região. Além disso, o líder norte-coreano, Kim Jong-un havia anunciado que o país demonstraria uma "nova arma estratégica" em um futuro próximo.

    Até o momento, as autoridades norte-coreanas não se pronunciaram sobre o lançamento dos projéteis de curto alcance na região.

    Mais:

    Coreia do Norte lança mais 3 projéteis ao mar do Leste
    Coreia do Norte lança mais 2 projéteis não identificados
    Coreia do Norte batalha contra coronavírus apesar de sanções
    Tags:
    mísseis de cruzeiro, projéteis, Coreia do Sul, Coreia do Norte, mísseis
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar