12:49 22 Setembro 2020
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    121
    Nos siga no

    O diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Adhanom Ghebreyesus, disse nesta segunda-feira (17) que, apesar da redução de novos casos de pessoas infectadas com o coronavírus, "todos os cenários ainda estão sobre a mesa".

    A declaração foi dada em um comunicado para a imprensa na sede da OMS, em Genebra.

    "É muito cedo para saber se esse declínio relatado continuará. Todos os cenários ainda estão na mesa. Parece também que o COVID-19 não é tão mortal quanto outros coronavírus, incluindo SARS e MERS", disse Ghebreyesus.

    Segundo o diretor-geral, o relatório detalhado da China sobre mais de 44.000 casos confirmados forneceu informações sobre a faixa etária das infecções, gravidade da doença e taxas de mortalidade.

    "Na medida que mais dados chegam da China, começamos a ter uma imagem mais clara do surto, como está se desenvolvendo e onde pode chegar", afirmou.

    Tedros Adhanom Ghebreyesu disse que apenas 2% das pessoas infectadas acabam morrendo de COVID-19.

    "A equipe internacional de especialistas atualmente na China está trabalhando com colegas chineses para entender melhor essas lacunas e melhorar nossa compreensão do surto", completou.

    Mais:

    Instituto de Virologia de Wuhan nega qualquer relação com o paciente zero do coronavírus
    Taiwan anuncia 1ª morte causada pelo novo coronavírus
    Número de mortos por coronavírus na China aumenta para 1,7 mil
    Quanto economia da China está perdendo por causa do coronavírus?
    Tags:
    doença, epidemia, Genebra, OMS
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar