01:12 24 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    0 60
    Nos siga no

    Cerca de 300 mil pessoas deixaram a cidade chinesa de Wuhan, a origem do surto de um novo coronavírus, antes de a cidade ser isolada, segundo informou a mídia chinesa nesta quinta-feira (23).

    O jornal Xin Jing Bao informou que 16 trens partiram para Pequim, enquanto outros 42 e 26 foram para as cidades chinesas de Changsha e Guangzhou, respectivamente.

    No início desta quinta-feira, Wuhan proibiu seus cidadãos de deixarem a cidade e interrompeu todo o transporte público local. O Ministério dos Transportes da China também ordenou a suspensão de todos os ônibus e balsas para a cidade, dizendo que aqueles que já estão a caminho de Wuhan devem voltar imediatamente.

    O tipo desconhecido de pneumonia viral foi relatado pela primeira vez em Wuhan no início de janeiro e foi confirmado pela China e pela Organização Mundial de Saúde (OMS) como um novo tipo do coronavírus, atualmente rotulado como 2019-nCoV ou novo coronavírus.

    O vírus também foi detectado em Hong Kong, Macau, Taiwan, Tailândia, Coreia do Sul, Japão e Estados Unidos. Pelo menos 18 pessoas morreram em decorrência do vírus e mais de 600 foram infectadas até agora.

    Mais:

    Fatos: o que sabemos sobre o coronavírus que se espalha pela China e o mundo
    Ruas estão vazias e filas dos mercados estão cheias, diz brasileiro que vive em Wuhan
    Após surto do coronavírus, China 'isola' cidade de Wuhan
    Tags:
    Organização Mundial da Saúde (OMS), Wuhan, China
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar