23:54 19 Janeiro 2020
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    170
    Nos siga no

    Manila e Nova Deli devem chegar, em 2020, a um acordo sobre a entrega de mísseis russo-indianos BrahMos para as Filipinas, informou a mídia indiana neste domingo (8).

    Segundo publicou o jornal Hindustan Times, as Filipinas provavelmente se tornarão o primeiro país a comprar os mísseis BrahMos.

    “No que diz respeito ao Exército das Filipinas, o consenso sobre o sistema BrahMos é um acordo fechado. Agora, trata-se de negociações de preços e esperamos que o acordo seja finalizado no próximo ano ", disse uma fonte familiarizada com as negociações ao Hindustan Times.

    As negociações agora estão focadas no preço e tipo de pagamento.

    “Várias opções estão sendo analisadas - se deve ser um financiamento interno ou um empréstimo preferencial - e se haverá alguns termos preferenciais oferecidos para a venda. O custo determinará quantos sistemas serão comprados”, acrescentou a fonte.

    A Índia também mantém negociações sobre possíveis entregas de mísseis BrahMos com Tailândia, Indonésia e Vietnã.

    O BrahMos, produzido pela joint venture BrahMos Aerospace da NPO Mashinostroyeniya, desenvolvedora de foguetes e mísseis da Rússia, e a Organização de Pesquisa e Desenvolvimento de Defesa da Índia, é o míssil de cruzeiro mais rápido do mundo. No mês passado, as forças armadas indianas testaram com sucesso os mísseis BrahMos no mar Arábico.

    Mais:

    Em parceria com a Rússia, Índia testa míssil de cruzeiro supersônico BrahMos
    Índia realiza novo teste do míssil de cruzeiro BrahMos (VÍDEO)
    Índia estaria ansiosa para receber mísseis 'mortais' para novos caças
    Rússia implementará S-400 na Frota do Norte para proteger o Ártico
    Tags:
    Tailândia, Indonésia, Vietnã, mar Arábico, Manila, Nova Délhi, Índia, BrahMos, Filipinas
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar